Vitória vence são Pedro nos pênaltis e conquista o titulo de Campeão Municipal de Futebol 2017

domingo, 26 de novembro de 2017 às 12:42
Arrow
Arrow
ArrowArrow
Slider
Foto: Marcos Eduardo

Após seis anos na fila e com um vice-campeonato em 2016 onde perdeu para o Benfica nas cobranças de pênaltis no ano passado, o Vitoria enfrentou mais uma decisão, na noite deste sábado, dia 25, contando com a maestria dos chutes certeiro de seus atletas ou na destreza do goleiro Coronel. E não é que desta vez seus cobradores foram mais eficientes e com um grande goleiro que defendeu um pênalti garantindo o titulo de Campeão Municipal de Futebol Amador.

Além do titulo de campeão o Vitória levou o troféu e o premio de R$ 10.000,00 (dez mil reais) e ainda teve o artilheiro do campeonato, o atacante Hallefy que dividiu o premio de R$ 500,00 (quinhentos reais) com Cladeylton, do Benfica. O vice-campeão São Pedro levou para casa um troféu e mais R$ 5.000,00 pela conquista do segundo lugar.

EM CAMPO

O jogo começou eletrizante, as duas equipes com uma marcação muito forte no meio de campo; o Vitoria se organiza melhor dentro das quatro linhas e vai para cima da zaga e em dois momentos tem a chance do gol mais esbarra no goleiro Antônio Doido.

O Vitoria melhor organizado em campo chega mais na área do São Pedro, mas não conseguem finalizar, parando na zaga de seu adversário. Após os trinta minutos de futebol intenso, o meio de campo do São Pedro consegue se organizar equilibrando a partida.

Em um lance o jogador Rafael do São Pedro faz bela jogada pela esquerda se livrando de três adversários chuta no gol, mas esbarra na defesa do goleiro Coronel.

Com o jogo equilibrado os dois times criam boas oportunidades de gols, mais não conseguem abrir o placar, levando o jogo para o intervalo com o placar de 0x0 e com muitas perspectivas de gols para o segundo tempo.

Segundo tempo

Os dois treinadores mexem nos times. O Vitória coloca em campo o atacante José Mario e tira Maiquim e no São Pedro entra o meio campista Romerio no lugar de Kinkim. As mexidas pouco surtiram efeitos; o jogo continuou com a marcação forte no meio de campo e com os ataques chegando mas não conseguindo furar o bloqueio da zaga.

Uma grande final onde os dois times que a todo momento buscavam o gol, não podia deixar de existir um lance que levassem a torcida lamentar a perda de gol com a mão na cabeça. Foi em um bela troca de passe entre o atacante José Mario e o meio campista Bruno do Vitória que resultou num chute ao gol esbarrando no travessão levando a torcida a loucura. Esse foi o grande lance do jogo e os dois times não marcaram levando a decisão para os pênaltis.

Os times criaram, buscaram e foram para cima, esbarando nas defesas de ambas as equipes; jogo digno de uma grande final com uma grande partida de futebol e com uma torcida que lotou o estádio O Bicão para completar a festa futebolística.

Pênaltis

Depois de se classificar para as finais nos pênaltis o Vitória mais uma vez enfrenta uma decisão nos pênaltis. O melhor goleiro da competição, Coronel do Vitoria, defendeu o pênalti do Romerio e Adriano acertou a trave, com duas cobranças perdidas e com quatros acertos para o Vitoria, o titulo foi para a equipe amarela e preto que ficou com o titulo de campeão edição 2017.

O técnico campeão, Diassis, parabenizou a organização do campeonato reconhecendo a dificuldade de se organizar um campeonato deste nível. “Hoje somos campeões, mas devo tudo isso aos meus jogadores que acreditaram no meu trabalho e aos meus patrocinadores” finalizou Diassis

HOMENAGEM

Cartucho, recebe troféu das mãos do preito Júlio Oliveira e vice Vanderlei. – Foto: Paulo Palmares

A Lebipa (Liga Esportiva Cultural do Bico do Papagaio) organizadora do campeonato em seu primeiro ano foi o grande destaque desta edição e fez a merecida homenagem aos ex-jogaores Nubia Barbosa, representante do futebol feminino, Diácones Diátila (Cartucho), representando o jogadores e o técnico Armando de Sousa Lima (Preto) que representou todos os treinadores de futebol do município de Augustinópolis.

Destaques

Atleta destaque foi o Francisco Márcio do Juventus

Artilharia

Hallefy – 6 gols Vitoria

Claudylton – 5 gols – Benfica

Osias (bazim) –  4 gols São Pedro

Lucas – 3 gols Vitoria

Rutney- Mateus – 3 gols – Juventus

Gols da primeira fase 82 gols

Semifinal 5 gols

Final

Melhor goleiro

Alano (coronel) 1 gol –  Vitoria

-- Publicidade --

Comentários no Facebook