Mulheres são presas sob suspeitas de tráfico de drogas

domingo, 18 de junho de 2017 às 16:53
Ambas foram identificadas como Andreia. – Divulgação /Polícia Militar

A Policia Civil, através da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz/MA (SENARC), prendeu em flagrante duas mulheres por tráfico de drogas, nesta semana, em Imperatriz. A primeira prisão foi efetivada na quinta-feira (15), em via pública da cidade.

A mulher foi identificada como Andreia Barbosa Silva, que foi flagrada dentro de um taxi com um quilo de maconha prensada, escondida dentro de sua bolsa. Ela foi presa após informações anônimas repassadas à polícia via Whatsapp.

Já o segundo caso foi nessa sexta-feira (16), no qual culminou na prisão de outra mulher, também, identificada como de Andreia Martins dos Santos. A suspeita foi flagrada com três quilos de maconha, dentro de um ônibus, durante abordagem de rotina.

A ser presa, Andreia confirmou que o entorpecente era de sua propriedade e que estava levando o produto para a cidade de Santa Inês (MA), onde seria vendido. Ambas foram conduzidas para a Delegacia Regional da Polícia Civil, onde foram autuadas por tráfico de drogas.

Tentativas de homicídio

Na noite desse sábado (17), foram registradas duas tentativas de homicídio, em Imperatriz. O crime aconteceu na rua Pernambuco, entre as ruas São Francisco e Santo Cristo, Bairro Nova Imperatriz. As vítimas foram identificadas com Alex Lima da Silva e Mourão Castro.

De acordo com informações da polícia, o atirador estava na garupa de uma motocicleta quando alvejou Alex. Já Moirão foi atingido a tiros na porta de sua casa. As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e lavadas para o Hospital Municipal (HMI), o Socorrão, onde estão internadas e não correm risco de morte.

De acordo com informações do delegado regional, Eduardo Galvão, as tentativas de homicídios podem estar relacionados com as prisões das mulheres. “Muito provavelmente, essas tentativas foram por acerto de contas decorrentes de acerto de tráfico, sobretudo porque a esposa do Mourão, Andreia estar presa em Davinópolis”, informou o delegado.

(IMIRANTE)

-- Publicidade --