Usiminas tem prejuízo de R$ 424 milhões no 1º trimestre

sexta-feira, 22 de maio de 2020 às 10:39
Usiminas: as vendas de minério de ferro cresceram 17% no primeiro trimestre (Alexandre Mota/Reuters)

Usiminas anunciou nesta sexta-feira prejuízo líquido de 424 milhões de reais no primeiro trimestre, ante lucro de 76 milhões de reais no mesmo período de 2019, em meio a um resultado financeiro negativo afetado por perdas cambiais.

O indicador de geração de caixa (Ebitda) ajustado da companhia atingiu 569 milhões de reais de janeiro a março, alta de 17% na comparação anual.

Publicidade

Já as vendas de minério de ferro da Usiminas cresceram 17% no período, para 2,2 milhões de toneladas, enquanto as vendas de aço alcançaram 1 milhão de toneladas, aumento de 4%.

Segundo a Usiminas, o resultado financeiro do primeiro trimestre foi negativo em 858 milhões de reais, principalmente em função de perdas cambiais de 775 milhões de reais no período, em razão da desvalorização do real frente ao dólar.

A dívida líquida consolidada em 31 de março era de 3,6 bilhões de reais, uma elevação de 11,5% em relação ao final de 2019, principalmente pelo impacto do câmbio.

Em comunicado separado, a Usiminas informou na noite de quinta-feira que o seu conselho de administração aprovou a eleição de Sergio Leite de Andrade para o cargo de diretor presidente; e Alberto Ono, para o cargo de diretor vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores, para um mandato até a assembleia geral ordinária em 2022.

Americo Ferreira Neto foi aprovado como diretor vice-presidente Industrial; Kohei Kimura para o cargo de diretor vice-presidente de Tecnologia e Qualidade, e Miguel Camejo para o cargo de diretor vice-presidente Comercial.

(EXAME)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook