Homem leva tiro após ser confundido com “Pé-Grande” nos Estados Unidos

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019 às 11:27
Caçador obcecado pelo pé-grande já atirou em pelo menos duas pessoas (Foto: Flickr/Derek Hatfiel/Creative Commons)

Um homem de 27 anos de Montana, nos Estados Unidos, foi baleado por um caçador após ser confudido com o “Pé-Grande” – suposta criatura similar a um macaco que habita florestas norte-americanas.

A vítima contou à polícia que estava na mata preparando-se para praticar tiro ao alvo dias antes do Natal quando alguém começou a atirar nele.

O atirador, ainda não identificado, teria descarregado a arma de dentro de um carro Ford F-150 preto. Depois que parou de atirar, o caçador chegou perto da vítima e percebeu que não era o Pé-Grande, mas sim um humano.

“Pensei que você fosse o Pé-Grande. Se vejo algo parecido com o Pé-Grande, eu apenas disparo”, disse o caçador à vítima, segundo o xerife do condado de Lewis e Clark, Leo Dutton.

O rapaz baleado respondeu que não era a criatura, e ainda ouviu do atirador que deveria usar “algo laranja” para não confundir caçadores.

Dutton falou que estava cético sobre o relato da vítima e, por isso, esperou alguns dias para denunciar o caso. No entanto, dias depois uma mulher declarou que também havia sido baleada por um homem em um Ford-150 preto. Ela forneceu à polícia mais descrições do suspeito.

“Estamos trabalhando para encontrar essa pessoa”, divulgou Dutton. “É de grande preocupação que este indivíduo possa pensar que está tudo bem atirar em qualquer coisa que ele acha que é o Pé-grande.”

(REVISTA GALILEU)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook