Revelação de sexo de bebê causa incêndio de grandes proporções

sexta-feira, 30 de novembro de 2018 às 15:29
Momento em que explosão inicia incêndio de grandes proporções (Foto: Reprodução/Youtube)

Em 2017, uma brincadeira para revelar o sexo do bebê do norte-americanoDennis Dickey, de 37 anos, terminou em um acidente que causou danos materiais e obrigou centenas de pessoas a evacuarem uma área de 190 quilômetros quadrados no estado do Arizona, nos Estados Unidos. Após o processo judicial, que culminou com uma multa e obrigou Dickey a viver em liberdade condicional durante os próximos cinco anos, as autoridades divulgaram o vídeo do momento do incidente.

O norte-americano, de 37 anos, trabalhava como agente da Patrulha Fronteiriça dos Estados Unidos e utilizou um fuzil para provocar uma explosão em um barril cheio de pó azul para mostrar aos convidados que teria um filho do sexo masculino. O líquido inflamável, entretanto, rapidamente incendiou a pastagem e iniciou um incêndio de grandes proporções.

De acordo com as autoridades, Dickey utilizou Tannerite como o alvo que estava no barril — a substância, que é comercializada nos Estados Unidos sem restrições, utiliza substâncias oxidantes misturadas com combustível para provocar o efeito da explosão. Ao ser atingido por um projétil de alta velocidade, como os disparados por um fuzil, a potência liberada é ainda mais intensa.

Os ventos fortes que atingiram as montanhas de Santa Rita, no Arizona, intensificaram a ação do fogo. De acordo com o processo judicial, os danos causados pelo incêndio causaram mais de US$ 8 milhões em prejuízo. “Foi provavelmente um dos piores dias da minha vida”, afirmou Dickey diante do tribunal.

Além da penalização da Justiça, o norte-americano também participará de um vídeo produzido pelo Serviço Florestal dos Estados Unidos para alertar os riscos de fazer brincadeiras imprudentes. Veja o vídeo do momento da explosão:

(REVISTA GALILEU)

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook