ATM pede rigor nas investigações sobre atentados contra prefeitos; já são 3 casos em 1 ano

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019 às 11:38
Presidente da ATM, Jairo Mariano. – Foto: Paulo Palmares/ VB

Em nota a Associação Tocantinense de Municípios (ATM) disse que recebeu “com indignação e lamento” a notícia de atentado contra o prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar Filho, o Dotozim (MDB). O gestor foi baleado com tiros na tarde desta quarta-feira, 9, em Novo Acordo.

“A entidade municipalista está preocupada com atentados cometidos contra prefeitos e agentes municipais”, afirma a nota, assinada pelo presidente da ATM, Jairo Mariano.

Ele lembrou que em fevereiro de 2018 o prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino, teve a casa invadida por criminosos e também sofreu atentados com tiros e do assassinato do prefeito de Miracema, Moisés da Sercom, em agosto de 2018, “e até hoje os criminosos não foram capturados”.

“A ATM solicita das autoridades e servidores da área de Segurança Pública que investiguem com vigor os casos de atentados contra a integridade de prefeitos e agentes municipais”, diz a nota.

Conforme Mariano, “episódios como esses geram insegurança na população, instabilidade social nas comunidades e prejudicam a continuidade do desenvolvimento local”.

Confira a seguir a íntegra da nota:

Nota à imprensa: ATM lamenta crime contra prefeito de Novo Acordo, Dotozim

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM), em nome do presidente Jairo Mariano e demais prefeitos do Estado de Tocantins, recebeu com indignação e lamento a notícia de atentado contra o prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar Filho, conhecido como Dotozim. O gestor foi baleado com tiros na tarde desta quarta-feira, 09, em Novo Acordo.

A entidade municipalista está preocupada com atentados cometidos contra prefeitos e agentes municipais. Em fevereiro de 2018, o prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino, teve a casa invadida por criminosos e também sofreu atentados com tiros. Caso ainda mais grave, o prefeito de Miracema, Moisés da Sercom, foi assassinado em agosto de 2018, e até hoje os criminosos não foram capturados.

A ATM solicita as autoridades e servidores da área de Segurança Pública que investigue com vigor os casos de atentados contra a integridade de prefeitos e agentes municipais. Episódios como esses geram insegurança na população, instabilidade social nas comunidades e prejudicam a continuidade do desenvolvimento local, pois é de suma importância que os prefeitos estejam ativamente trabalhando em prol do Município, seja na localidade, em Palmas ou Brasília.

Jairo Soares Mariano

Presidente da ATM

(CAROLINA O TEMPO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook