Estudantes do IFTO conhecem novas culturas por meio de intercâmbios e eventos

quarta-feira, 21 de agosto de 2019 às 17:35
Essas experiências enriquecem o currículo e abrem oportunidades aos futuros profissionais. – Foto: Divulgação

TOCANTINS – Nos últimos anos, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica tem buscado a internacionalização de suas instituições, e o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) acompanha esse processo, exemplo disso é o crescente número de participações de estudantes em intercâmbios e eventos internacionais.

Em 2019, um dos destaques nesse sentido é o estudante Osvaldo Bezerra Júnior, que cursa Física, no Campus Palmas. Ele teve seu trabalho aceito em nove congressos internacionais, e já participou dos eventos em Cuba e na Suíça; nesse último, ele foi premiado pela exposição. Ele ainda irá para congressos em Chicago e em Paris, com o artigo “Projeto Sirius e a Luz Sincotron”, que trata de um acelerador de partículas.

Também do Campus Palmas, Rodolfo Carvalho, estudante do curso de Engenharia Civil, conheceu de perto laboratórios localizados na sede global da Huawei, bem como teve contato direto com o desenvolvimento de tecnologias de 5G, LTE e computação na nuvem. Ele foi um dos dois selecionados pelo programa Seeds for the Future para intercâmbio na China entre os dias 11 e 28 de julho.

No mês de julho, o estudante de licenciatura em Computação Mateus Miranda, do Campus Araguatins, passou duas semanas na Argentina. Ele participou de seleção por meio da qual ganhou bolsa parcial para cursar Espanhol em uma escola de idiomas argentina. Para Mateus o intercâmbio proporcionou uma aprendizagem significativa, “pois é uma imersão completa ao modo como os nativos vivem, cozinham, trabalham, constroem, dançam, se relacionam, estudam, ensinam e muito mais”, declarou o estudante.

Ainda nesse segundo semestre, a professora Adelma de Souza e os estudantes do ensino médio integrado Gláucio Ramos, Stefeny Beatriz e Gabriele Carvalho, todos do Campus Gurupi, apresentarão produções científicas no 32º Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia (ALAS), que acontece em Lima, de 1º a 6 de dezembro. Os estudantes participam do Grupo de Estudo e Pesquisa GEPU/Ubuntu, orientados pela professora Adelma de Souza.

(Dicom – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins – IFTO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook