Governo lança programa “Oportunidade Jovem” que vai oferecer 5 mil vagas de estágio

segunda-feira, 15 de abril de 2019 às 17:11
“Programa Oportunidade Jovem” foi lançado nesta segunda-feira, 15 – Esequias Araujo/Governo do Tocantins

PALMAS – O programa “Oportunidade Jovem” foi lançado nesta segunda-feira, 15, pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, que destacou a importância da abertura de oportunidade para os jovens estudantes. “Tenho certeza de que essa juventude vai levar uma nova forma de atendimento para nossas secretarias. Com oportunidade e qualificação, eles vão ajudar o nosso Estado a crescer”, destacou, após compartilhar com os presentes sua experiência pessoal como estagiário, função que marcou o início de sua vida profissional.

Na apresentação, o secretário de Estado da Administração, Edson Cabral, destacou que o programa será realizado, por meio da Secretaria de Estado da Administração (Secad), mas que as vagas serão levantadas nas secretarias e nas autarquias do Governo em todos os municípios do Estado. “Com este levantamento em mãos, a Secad vai fechar, ainda este mês, parceria com uma instituição sem fins lucrativos, que será a responsável pelo processo de seleção do programa”, afirmou.

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Adriana Aguiar, ressaltou a importância de dar oportunidade aos jovens estudantes do Tocantins, para que eles tenham experiência, renda e consigam se posicionar no mercado de trabalho após a formação.

Autoridades e parlamentares presentes também reforçaram a importância da iniciativa em contribuir com a renda desses jovens e até colaborar para que eles consigam investir na formação profissional, já que, além da oportunidade de aprendizado, eles irão receber uma bolsa de estágio com valores de que variam de R$ 500 a R$ 1.200.

É o que também destacou um dos estudantes presentes. “Essa oportunidade traz benefícios também para a família, pois esta renda ajuda o estudante a se estruturar e focar no que deseja atingir, então eu só tenho a agradecer ao Governo do Estado”, destacou o estudante de Administração, Maicon.

O estágio terá a duração de até 24 meses, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência, conforme preceitua o artigo 11 da Lei nº 11.788/08. A carga horária deve variar de acordo com os níveis de estágio (médio, técnico, superior), de 4 a 6 horas por dia. Mais informações serão disponibilizadas na página da Secad na internet (www.secad.to.gov.br).

-- Publicidade --

Comentários no Facebook