Histórico! Japão se torna quinto país a pousar na Lua

sexta-feira, 19 de janeiro de 2024 às 16:09
314 Visualizações
Representação artística do módulo SLIM se aproximando da superfície lunar. – Foto: JAXA/Divulgação

Nesta sexta-feira (19), o Japão entrou para a história como o quinto país do mundo a pousar na Lua. Com transmissão ao vivo pelas plataformas digitais da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), a missão SLIM (sigla em inglês para “Nave Inteligente para Investigação da Lua”) fez uma alunissagem às 12h20 (horário de Brasília). Apesar disso, a confirmação do pouso bem-sucedido só veio em uma coletiva de imprensa duas horas depois.

A transmissão foi finalizada às 12h30, com a informação de que a equipe está aguardando a conexão com o módulo. De acordo com Hitoshi Kuninaka, funcionário da JAXA, na coletiva, a espaçonave SLIM pousou na Lua, mas suas células solares não estão gerando energia. Isso pode limitar a vida útil da espaçonave.

Publicidade

“Acreditamos que o pouso suave foi bem-sucedido”, disse o Dr. Kuninaka, já que os dados estão sendo enviados da espaçonave. Os robôs menores ejetados da espaçonave, LEV-1 e LEV-2, funcionaram conforme planejado.

De acordo com a equipe, a prioridade agora é verificar se os sensores de navegação e posicionamento funcionaram como deveriam durante o pouso. Entretanto, essas informações ainda podem demorar para chegar.

Como foi o pouso?

Com o objetivo de demonstrar um pouso com uma precisão de menos de 100 metros do alvo, o módulo SLIM começou sua descida à superfície por volta do meio-dia. Até então, apenas a Rússia (na época da União Soviética), os EUA, a China e a Índia haviam alcançado o feito.

Transmissão oficial da JAXA mostra módulo SLIM cinco minutos antes de pousar na Lua. Crédito: JAXA

Módulo japonês de pouso na Lua é dotado de “olhos inteligentes”

Essa precisão é possível porque o módulo é equipado com uma tecnologia de visão que a JAXA chama de “olhos inteligentes”. Enquanto a sonda se aproximava da superfície, ela fazia capturas comparadas com mapas esboçados por satélites lunares. Essas imagens permitem que o módulo identifique sua localização e ajuste sua trajetória para o pouso.

Animação da transmissão oficial da JAXA mostra módulo SLIM pousando na Lua. Crédito: JAXA

Também chamado de Moon Sniper, o módulo SLIM foi lançado em 7 de setembro, junto do satélite XRISM, uma parceria da NASA e da JAXA. Após o lançamento, a espaçonave usou seus próprios sistemas de propulsão para se direcionar para a Lua. No Natal, o módulo chegou à órbita lunar.

O pouso se deu em uma cratera de impacto chamada de Shioli, em uma planície conhecida como Mar do Néctar, que os cientistas acreditam ter se formado devido à atividade vulcânica antiga.

No local, a sonda SLIM irá investigar a composição das rochas, permitindo que os pesquisadores possam investigar melhor a origem da Lua.

(OLHAR DIGITAL)

*Por Redator(a)/ Editor(a)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook