Peça de 3.200 anos semelhante a personagem do Angry Birds é encontrada na China (FOTOS)

sexta-feira, 31 de julho de 2020 às 10:36
Sítio arqueológico os arredores da cidade de Guanghan, província de Sichuan, na China. – Foto: Instituto Provincial de Relíquias Culturais e Arqueológicas de Sichuan

Uma figura de argila de aproximadamente 3.200 anos, que foi recentemente descoberta por arqueólogos chineses, chamou a atenção dos internautas.

Entretanto, a peça não chamou a atenção por sua importância histórica, mas, sim, por se parecer com um personagem do popular jogo Angry Birds.

Publicidade

A peça é do tamanho de um punho, e representa um porco, que, segundo especialistas, é uma amostra “linda, realista e delicada” dos avanços dos padrões estéticos dos habitantes pré-históricos da região.

?Um porco de argila, que lembra [um personagem do] jogo Angry Birds, foi desenterrado em um assentamento de 5.000 anos próximo de Sanxingdui em Sichuan, anunciaram arqueólogos chineses nesta terça-feira [28].

A descoberta ocorreu em um sítio arqueológico onde existiu um pequeno e antigo assentamento, nos arredores da cidade de Guanghan, na província de Sichuan.

Os resultados da escavação foram anunciados nesta semana, segundo o Departamento de Cultura e Turismo de Sichuan, que compartilhou imagens de alguns dos objetos encontrados.

Peça de argila de 3.200 anos parecida com um porco do jogo “Angry Birds”, descoberta por arqueólogos chineses. – FOTO : INSTITUTO PROVINCIAL DE RELÍQUIAS CULTURAIS E ARQUEOLÓGICAS DE SICHUAN

Pouco depois da notícia, internautas chineses começaram a relacionar o curioso objeto com o personagem animado.

Além do curioso porco, os especialistas encontraram outros objetos, como uma placa de cerâmica com as figuras de uma fênix e um dragão esculpidas, que simbolizam boa fortuna.

Peça de argila com uma fênix e um dragão esculpidos. – Foto: INSTITUTO PROVINCIAL DE RELÍQUIAS CULTURAIS E ARQUEOLÓGICAS DE SICHUAN

A pequena tribo provavelmente se originou há aproximadamente cinco mil anos e vivia muito próximo de Sanxingdui, um sítio arqueológico de uma antiga cidade cuja cultura existiu na Idade do Bronze.

A equipe de pesquisa assegura a descoberta de rastros de atividade humana nessa região, bem como a aparição das dinastias Ming (1368-1644) e Qing (1644-1912).

Os arqueólogos planejam escavar sete mil metros quadrados do sítio, sendo que já haviam estudado aproximadamente 4.500 metros quadrados.

(SPUTNIK NEWS)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook