O contrário da política

terça-feira, 30 de abril de 2024 às 08:07
471 Visualizações
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão. – Foto: Pedro França/Agência Senado

*Por Angelo Cavalcante

Eu me pergunto em silêncio e amargurado como gente da qualidade de privada, bueiro e esgoto como Carla Zambelli, Eduardo Pazzuello ou Ricardo Salles seguem intactos, incolumes como deputados federais?

Publicidade

São essas questões indecifráveis que deixam esse país perdido, confuso e atônito!

Zambelli, reparem, além de golpista criminosa, usurpadora de sistemas de justiça é uma pistoleira filmada, gravada e registrada.

Ora…

…Quem não viu essa ordinária sacando arma e partindo irada contra um rapaz negro nas vésperas das eleições de 2022?

Quem não viu?

Eduardo Pazzuello foi ministro da saúde de Bolsonaro e, sem saber o que é o SUS, uma aspirina ou um band-aid , foi o responsável direto pela morte de mais de trezentos mil brasileiros no flagelo asfixiante da covid-19.

O sujeito está em plena e vigorosa atividade parlamentar, fazendo oposição ao governo Lula, realizando pronunciamentos e com abertas e declaradas pretensões políticas para a “bolsolândia” do Rio de Janeiro.

Ricardo Salles… Esse é um colosso! É conhecido e comprovado mafioso ambiental; o indivíduo é cínico, descarado e dissimulado… Foi da claque ministerial de Bolsonaro assumindo o Ministério do Meio Ambiente, suas superintendências, autarquias e divisões. Foi o “curinga” para desfazer, destruir todo o sistema de fiscalização, monitoramento e verificação ambiental do Brasil.

Aliás, desde o aumento das queimadas no Cerrado, na Amazônia, nos alagados do Pantanal ou a invasão e respectiva craterização da terra yanomami passa e perpassa objetivamente pelo desmantelo dos dispositivos de observação e mensuração do MMA.

Salles é uma desgraça… Nem o PL o quis para ser parte nas disputas majoritarias em São Paulo.

Sem contar, sem citar no roubo escancarado de madeiras-de-lei cujos valores ultrapassam, e muito, a casa dos milhões. Todos esses caros e milionários ativos ambientais foram negociados e entregues pelo próprio Salles para bandidos e criminosos da Europa e dos Estados Unidos.

Como se sabe… Salles segue garboso, se rindo e, é claro, perseguindo camponeses e suas organizações como o MST e sindicatos de trabalhadores rurais.

Agora…

Glauber Braga é o grande problema!

Olha só…

…Braga é perseguido sistematicamente por um (mais um!) fascista do MBL ao ponto de não poder fazer política… Imaginem o surreal de um político não poder fazer política?

Pois então… Glauber foi caçado por esse indivíduo de maneira que, por onde ia não tinha um segundo miserável de paz ou respeito.

O esperado se deu quando o psolista, acertadamente, expulsou o criminoso com chutes e pontapés certeiros em suas nádegas.

Glauber, é claro, foi um lorde, um cavalheiro, um aristocrata! O certo mesmo era… Bom… Vocês sabem!

Não por menos, o excrementissimo Lira, desafeto antigo de Glauber Braga, às pressas deliberou o processo contra o parlamentar do PSOL para a Comissão de Ética.

Aí a coisa andou… As audiências já começaram, abutres e aves agourentas já estão por lá espiando, esperando a hora de partirem contra o bravo Glauber e, de verdade, se toda a esquerda não se movimentar… Os progressistas podem ter o danoso e imenso prejuízo político de perderem essa imensa liderança para os ardis e tramóias de um fascista vagabundo, vil e desclassificado.

Ao fim, a permanência e continuidade de Glauber Braga na Câmara dos Deputados interessa muito ao Brasil que pensa, que raciocina, que luta e que sente.

Glauber Braga nos interessa!

Angelo Cavalcante é Economista, professor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Itumbiara.

O texto acima expressa a visão de quem o assina, não necessariamente do Portal Voz do Bico. Se você quer publicar algo sobre o mesmo tema, mas com um diferente ponto de vista, envie sua sugestão de texto para [email protected]

-- Publicidade --

Comentários no Facebook