Polícia Civil prende dois suspeitos de homicídios em Sítio Novo

segunda-feira, 14 de maio de 2018 às 14:44
Tiago de Carvalho é suspeito de praticar dois homicídios. Foto: Divulgação.

SÍTIO NOVO – Na manhã  desta segunda-feira (14), Polícia Civil de Sítio Novo, com apoio das polícias de São Miguel, Augustinópolis e da Central de Atendimento de Araguatins, cumpriu dois mandados de prisão preventiva contra Tiago de Carvalho Vasconcelos e Edson Souza e Silva, que são suspeitos de terem matado Edelcley Oliveira Silva, na tarde da última sexta-feira (11).

Segundo o delegado responsável pelo caso, Thiago Bustorff, as diligências foram iniciadas logo após a polícia tomar conhecimento do caso. Policiais civis de diversas unidades policiais da região foram mobilizados para o caso.

“O apoio operacional e de inteligência foi mantido desde o dia do crime, de modo a evitar a fuga ao estado vizinho e colher todos os elementos de interesse à investigação. Não ultrapassada a situação de flagrante, foi representada pela prisão preventiva dos autores”, esclareceu o delegado.

O crime

Edson Souza, tio do Tiago e coautor no assassinato de Edelcley, conhecido por Edio.

De acordo com a polícia, as investigações apontaram que Tiago de Carvalho já teria tentado matar Edelcley no dia 16 de abril deste ano. Ainda conforme a PC, Tiago acredita que Edelcley matou Antônio Rodrigues de Vasconcelos, em março de 2018, Balneário Pedra Branca. Antônio é pai de Tiago.

No dia do crime, Edelcley trafegava com a namorada na garupa da motocicleta, quando os autores emparelharam ao lado em uma caminhonete, de propriedade de Edson Souza e Silva, que dirigia o veículo. Segundo a polícia, Tiago de Carvalho sacou uma arma de fogo e disparou contra a vítima, que caiu juntamente com sua namorada. Os dois ainda empreenderam fuga, mas Tiago e Edson conseguiram alcançar Edecley e, com um tiro na nuca, o mataram em um matagal a beira da pista.

O delegado não descarta a existência de eventual tentativa de homicídio praticada contra a namorada de Edecley como queima de arquivo. Com os elementos colhidos na investigação, foi possível se chegar a autoria de outro crime, até então com autor desconhecido. Segundo a polícia Tiago de Carvalho também matou Leonardo dos Santos Silva, em 27 de maio de 2017. No crime, a vítima, após ser morta, teve o corpo e a motocicleta arremessados de uma ponte.

(Redação Voz do Bico, com informações da Polícia Civil).

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook