PC prende homem suspeito de cometer estupro com requintes de crueldade  

terça-feira, 15 de maio de 2018 às 17:39
Adão Peixeiro está preso na Cadeia Pública de Augustinópolis. Foto: Paulo Palmares / VB

CARRASCO BONITO – Uma ação conjunta de combate à criminalidade, realizada nesta terça-feira (15) pela Polícia Civil, resultou na prisão de Adão Soares da Silva, 54 anos, mais conhecido como Adão Peixeiro, que é suspeito estuprar uma mulher com requintes de crueldade. O homem foi preso no povoado Vinte Mil, zona rural de Carrasco Bonito, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado regional, Eduardo Artiaga, responsável pelo caso, no dia 16 de abril de 2018, a vítima compareceu a Delegacia da Mulher, onde registrou Boletim de Ocorrência, afirmando que havia sido estuprada por Adão.

O delegado instaurou inquérito para apurar os fatos, sendo que no dia seguinte, a mulher foi novamente ouvida na delegacia, onde apresentou um cabo de rodo e uma mão de pilão que o autor utilizou na prática do estupro, além de alguns comprimidos que ela tinha conseguido esconder, visto que Adão lhe obrigou a ingerir vários outros.

A vítima foi conduzida ao Hospital Regional de Augustinópolis, onde a mesma recebeu atendimento médico. Em seguida, ela foi encaminhada ao Instituto Médico Legal da cidade, onde passou por exames de conjunção carnal, dentre outros requisitados pela autoridade policial.

Os laudos apontaram que, devido aos instrumentos utilizados durante o crime, a vítima sofreu várias lesões de natureza grave. Desse modo, o delegado representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão de Adão, a qual foi deferida e cumprida nesta terça-feira.

Adão Peixeiro foi encaminhado à Central de Flagrantes de Augustinópolis e, após a realização das providências cabíveis, foi recolhido à Cadeia Pública local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. (Redação Voz do Bico, com informações da SSP) 

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook