Juiz nega liminar para suspensão do processo de cassação dos vereadores de Augustinópolis

terça-feira, 18 de junho de 2019 às 16:26
Dr. Jefferson David Asevedo Ramos, juiz da comarca de Augustinópolis

AUGUSTINÓPOLIS – O juiz Jefferson David Asevedo Ramos, negou o pedido de liminar (decisão de efeitos imediatos e provisórios) feito pelos vereadores afastado na Operação Perfídia, deflagrada em 25 de janeiro deste ano pela Polícia Civil (PC) com apoio do Ministério Público. Os, por meio de seus advogados buscavam a imediata suspensão do Processo nº 001/2019, alegando desrespeito aos princípios do devido processo legal, contraditório e ampla defesa.

Em seu despacho o juiz diz “após análise acurada dos autos, não se evidencia o prejuízo sofrido pelos impetrantes (vereadores), vez que foram cientificados da necessidade de intimar suas testemunhas, requereram de modo intempestivo a intimação por meio da Comissão Processante, bem como não comprovaram a impossibilidade em proceder com a intimação”.  

Vale lembrar que está marcado para o início da noite de hoje a sessão de julgamento na Câmara Municipal de Augustinópolis que tem como objetivo julgar os dez vereadores afastados.

-- Publicidade --

Comentários no Facebook