Aulas na Rede Municipal de Ensino de Augustinópolis retornam em junho via redes sociais

sábado, 23 de maio de 2020 às 11:00
Escola Municipal Pequeno Principe. – Foto: Eduardo Sousa

AUGUSTINÓPOLIS – As equipes técnicas e pedagógica da Secretaria Municipal da Educação de Augustinópolis elaboraram o Plano de Contingência da Educação visando a retomada gradativa das atividades pedagógicas nas escolas das zonas urbana e rural do Sistema Municipal de Ensino no próximo dia 1º de junho.

O plano elaborado prevê a realização de atividades impressas, não-presenciais, para os meses de Junho e Julho, para os alunos do Ensino Fundamental.

Publicidade

Conforme a secretária de Educação Renata Oliveira, os blocos de atividades ou objetos de conhecimento e habilidades a serem desenvolvidas em cada Componente Curricular serão elaborados gradativamente para um prazo de quinze dias, que serão entregues aos pais ou responsáveis pelos alunos, em suas respectivas Unidades de Ensino. Semanalmente as atividades serão devolvidas para correção do professor e será disponibilizado um novo bloco de atividades.

Renata Oliveira explica que nesse intervalo, os professores farão breves explanações em vídeo, via Whatsapp e ficarão disponíveis no horário da aula da turma para tirarem as dúvidas que surgirem. Ao final das duas semanas, a equipe reavaliará as ações e, caso necessário, será elaborada uma nova estratégia para atendê-los! Quanto aos alunos que não dispuserem das ferramentas digitais, os professores farão o acompanhamento via telefone”, explicou a Secretária.

A Secretária ainda informou que foi realizada uma pesquisa com professores acerca dos números de pais que participam dos grupos de Whatsapp das turmas, orientando, o que levou a equipe a considerar a viabilidade do desenvolvimento das atividades nesse formato.
Do mesmo modo, também está sendo desenvolvida a plataforma própria para formação dos professores para o decorrer do ano letivo.

Quanto aos alunos da etapa de Educação Infantil (bebês, crianças de colo e crianças pequenas) desde o início do mês de maio, o trabalho está sendo desenvolvido através de vídeos, postados nos grupos de Whatsapp de cada turma e redes sociais, trazendo como foco central os eixos que são as interações e as brincadeiras e manter o vínculo afetivo Criança, Família e Escola ou seja, o objetivo é propor a interação com as famílias para não perder o vínculo.

A secretária diz ainda que outro ponto importante é a parceria mantida entre a escola, os professores e os pais para execução das propostas de experiências que serão mais enfatizadas no momento. “Destacamos as brincadeiras, leituras, rodas de conversa, teatro, jogos, desenho livre utilizando diversos objetos riscantes, enfim, várias sugestões que propiciarão a aprendizagem, uma vez que não há prerrogativa para aulas a distância para essa modalidade”, a secretária Renata Oliveira conclui informando que a equipe da educação do município tem trabalhado para desenvolver os principais direitos de aprendizagem nos campos de experiências e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento das crianças.

ATIVIDADES PRESENCIAIS

Quantos as atividades em sala de aula a secretária dizem que ainda não há previsão para o retorno às atividades presenciais, considerando que a prioridade neste momento é zelar pela vida e a saúde de todos, por meio do distanciamento social.

No momento em que houver redução dos números de contágio pelo novo coronavírus, as atividades voltarão à normalidade de forma gradativa, conclui.

(Redação Voz do Bico – com informações SEMED)

 

-- Publicidade --

Comentários no Facebook