Dia D de higienização é realizado nas unidades penais do Bico do Papagaio para coibir o avanço da Covid-19 e síndromes gripais

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022 às 14:57
82 Visualizações
As ações de higienização auxiliam na limpeza e sanitização dos ambientes carcerários, diminuindo o risco de proliferação da Covid-19 e síndromes gripais. Créditos: Divulgação Seciju/Governo do Tocantins

BICO – Trabalhando pela prevenção contra a Covid-19 e síndromes gripais para preservar a saúde dos policiais penais, servidores e custodiados do Sistema Penal, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) está realizando o Dia D de Higienização os todos os estabelecimentos penais do Tocantins. No Bico do Papagaio ação já foi realizada em  Tocantinópolis e Unidade Penal Feminina de Ananás, as próximas serão a Cadeia Pública Araguatins, Cadeia Pública Augustinópolis e Unidade Prisional Feminina Palmeiras. A ação teve início na quarta-feira, 19, e encerra nesta sexta-feira, 21.

 limpeza e sanitização das unidades integra as novas medidas adotadas pela Pasta para coibir o contágio da Covid-19 e outras síndromes que estão com maior risco de contaminação em todo o Tocantins. Com essa nova situação alarmante no início do ano, o Sistema Penal implementou um novo Plano de Ação com esta e outras diversas ações para coibir e conter a proliferação das doenças e manter as unidades penais um ambiente seguro tanto para quem atua quanto para quem é custodiado do Estado, seguindo com o nosso objetivo de trabalhar preventivamente para manter o controle e garantir a saúde de todos”, explicou o superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes Alves.

Publicidade

Também já foram sanitizados os estabelecimentos penais de Arraias, Barrolândia, Colméia, Formoso do Araguaia, Gurupi, Miracema, Natividade, Palmas, Paraíso, Palmeirópolis, Unidade Penal Feminina de Miranorte. Até o final do dia, todas as 25 unidades penais terão finalizado a ação de higienização.

Medidas de prevenção
A Seciju implementou a suspensão das visitas e atendimentos jurídicos nas unidades penais por 15 dias. A suspensão passou a contar a partir da última quarta-feira, 19, seguindo por 15 dias corridos. Além da suspensão, estão sendo realizadas ações de saúde como a higienização dos estabelecimentos penais e testagem para Covid-19 sendo realizadas em parceria com órgãos de saúde.

Para a gerente de Assistência e Saúde ao Preso e Egresso, Sandra Veloso, o Sistema Penal tem atuado para garantir assistência à saúde e prevenir a contaminação de vírus.” Estamos trabalhando para evitar a proliferação de doenças prevalentes no ambiente carcerário, garantindo um ambiente mais limpo e saudável, diminuindo, assim, a disseminação e contaminação da Covid-19 e síndromes gripais”, disse.

(SECOM TO)

-- Publicidade --