Cães conseguem entender as expressões faciais dos donos

quarta-feira, 26 de abril de 2017 às 08:25
188 Visualizações

Além da fala, os seres humanos se comunicam também por meio de expressões faciais, que ajudam a transmitir uma mensagem a outra pessoa de maneira, às vezes, mais eficaz. Mas, será que os cães conseguem entender essa forma de linguagem? Um estudo realizado na Universidade de Medicina Veterinária de Viena, na Áustria, revelou que sim, é possível.

Sorria, você está sendo analisado

Publicidade

Os pesquisadores treinaram cachorros para distinguir expressões de felicidade e de raiva em imagens de uma mesma pessoa. A cada tentativa, os cães viam apenas uma parte do rosto, a metade de cima ou a de baixo. Foram cerca de 30 fotos divididas em quatro tipos de testes. No fim, os pets superaram as expectativas e reconheceram as expressões mais vezes do que se escolhessem aleatoriamente.

Os cães indicaram expressões faciais felizes como positivas e as de raiva como negativas.

De acordo com os pesquisadores, essa é a primeira evidência sólida de que uma espécie animal, além do homem, é capaz de distinguir expressões faciais em outras espécies. O estudo mostrou que os cachorros perceberam que as expressões são diferentes e que apresentam significados distintos.

Experiências anteriores influenciam o julgamento

A descoberta não esclarece quais os significados que os cães atribuem a um rosto feliz ou a um rosto bravo. Entretanto, eles associaram o sorriso a algo positivo, enquanto a expressão raivosa foi ligada a algo negativo. Eles tiveram dificuldades em associar a raiva a uma recompensa ou prêmio, o que sugere que eles já tiveram experiências com esse sentimento antes.

O estudo concluiu que os cachorros não são capazes de diferenciar as expressões apenas de rostos familiares, mas também de pessoas desconhecidas. Os pesquisadores afirmaram que continuarão a estudar a capacidade dos cães de reconhecer as emoções humanas. O próximo passo é descobrir como os pets são afetados pelos sentimentos dos donos.

(MSN)

 

-- Publicidade --

Comentários no Facebook