Veja a rã ‘cósmica e tímida’ de espécie recém-descoberta na Índia (FOTOS)

sexta-feira, 15 de março de 2019 às 09:47
Foto: CC BY-SA 2.0 / jasonkao73 / _MG_5434

A nova espécie de rã recém-descoberta passou milhões de anos sem chamar atenção alguma, por ser muito reservada.

Biólogos indiano-americanos descobriram uma nova espécie de rã nas montanhas da costa sudoeste da Índia, de acordo com artigo publicado na terça-feira (12) na revista PeerJ.

As marcas azuis pálidas na pele marrom parecidas a constelações destacam estes anfíbios anões entre os restos.

Nova espécie de rã (Astrobatrachus kurichiyana) encontrada na Índia. – FOTO: K.P. DINESH

Segundo cientistas, a coloração única pode explicar por que o animal passou despercebido por muito tempo. Biólogos dizem que a sobrevivência da espécie se deve às habilidades de camuflagem.

Nova espécie de rã (Astrobatrachus kurichiyana) encontrada na Índia
Nova espécie de rã (Astrobatrachus kurichiyana) encontrada na Índia. – © FOTO: SEENAPURAM PALANISWAMY VIJAYAKUMAR

A espécie foi encontrada pela primeira vez em 2010, quando a equipe realizou a primeira expedição na região montanhosa de Querala, na Índia. Nesta região, diversos exemplares do Astrobatrachus kurichiyana foram capturados e fotografados entre 2010 e 2017.

Após realizar uma sequência genômica e uma tomografia em diversos exemplares, os pesquisadores descobriram que a rã pertence a uma linhagem de milhões de anos.

A espécie representa não apenas um gênero jamais registrado, mas também uma nova subfamília de rãs.

“Quando começamos a retirar as amostras, notamos que estávamos escavando um grande tesouro”, afirmou o biólogo Palaniswamy Vijayakumar em um comunicado do Museu da História Natural da Flórida.

A espécie foi uma das 30 a ser capturada em uma única noite e, naquele momento, a rã quase não atraiu a atenção dos especialistas, pois ela é “muito reservada”, segundo Vijayakumar.

O ciclo de vida da espécie ainda é desconhecido, bem como o som que emite ou se está ameaçada de extinção.

(sputniknews)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook