Fundação Cultural busca recursos para eventos comemorativos de Imperatriz

terça-feira, 25 de abril de 2017 às 10:44
155 Visualizações
Chiquinho França, presidente da Fundação Cultural de Imperatriz, busca apoio cultural. – Foto: Divulgação /Assessoria

O presidente da Fundação Cultural de Imperatriz (FCI), Chiquinho França, esteve em São Luís, buscando captar recursos, com o objetivo de viabilizar a continuação do calendário cultural que começou com a realização do Carnaval A Gente Faz.

O propósito de Chiquinho França é a realização de um grande arraial do São João na Roça e, para isso, é necessário que a Fundação Cultural apoie os grupos folclóricos e quadrilhas juninas que se apresentarão durante as festividades.

Publicidade

Quanto ao aniversário da cidade, em 16 de julho, estão sendo planejadas ações de lazer na área cultural, com a realização de grandes shows. O desejo do presidente da FCI é retornar o Faber – Festival Aberto Estância do Recreio – no mês de setembro e colocá-lo no calendário cultural de Imperatriz. “O Faber certamente atrairá artistas e turistas e, com a sua continuidade, vai abrir mais investimentos em diversos setores, como o da hotelaria e de restaurantes”, observa.

“Vamos começar um trabalho de reforma do espaço, às margens do Riacho Cacau e do Rio Tocantins, mesmo local onde o festival era realizado, visando construir a Cidade Faber, que terá a maior produção de shows de todos os tempos em Imperatriz”, enfatizou Chiquinho França.

O presidente da FCI disse que é importante ter o apoio financeiro da iniciativa privada. “Para que este sonho se torne realidade, vamos insistir na busca de parcerias. Se voltarmos no tempo, a gente vai recordar o tanto que Imperatriz brilhou no cenário nacional no tempo do Faber. Temos um grande potencial que está aí, adormecido, à espera de um palco e de um público”, concluiu.

(IMIRANTE)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook