População de Buriticupu está preocupada com o aumento da violência

sábado, 3 de junho de 2017 às 11:10
166 Visualizações

Moradores de Buriticupu, a 395 km de São Luís, estão preocupados com o crescimento da violência. A população teme que a criminalidade aumente que após a prisão dos policiais suspeitos no assassinato do cabo Júlio César da Luz Pereira e do soldado Carlos Alberto Constantino Sousa. Suspeitos e vítimas trabalhavam na companhia independente de Polícia Militar do município.
Cerca de 45 policiais são responsáveis pela segurança de moradores de Buriticupu e do município de Bom Jesus das Selvas, a 465 km da capital, que juntos tem uma população de aproximadamente 110 mil habitantes. O tráfico de drogas é um dos maiores desafios para a companhia, que com a exoneração dos suspeitos do assassinato, está sem mais três policiais.
Segundo o novo comandante da PM, major Nelson Junior, o envolvimento da polícia em morte de colegas foi uma grande surpresa. “Um fato isolado que alguns policiais tomaram essa atitude e o comando da 14º companhia não compactua com esse tipo de comportamento. Mas é uma situação que está sendo apurada e o inquérito da Policia Civil foi finalizado e o inquérito da polícia militar será finalizado no próximo mês. Todas as inquirições necessárias foram feitas e agora estamos aguardando o desfecho final de toda essa investigação”, disse.

Ainda segundo o major, apesar da baixa no contingente da polícia, o trabalho para combater a criminalidade não será afetado por conta de novos reforços que chegaram a companhia. “No primeiro momento houve uma pequena baixa que além dos três oficiais que estavam aqui na unidade terem sido afastados, foram mais três policiais afastados. Mas teve curso de formação de soldados que finalizou no começo do mês de abril e recebemos um efetivo com o total agora de 25 policiais”, finalizou.

Publicidade

(INOTICIAMA)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook