Ministério Público oferece denúncia contra a ex-prefeito e ex-secretários de Mãe do Rio/PA

sábado, 3 de junho de 2017 às 09:40
184 Visualizações
Marmitas, caixão funerário e transporte escolar
O ex-prefeito de Mãe do Rio/PA, José Ivaldo Martins Guimarães, conhecido como BADEL, cujo mandado encerrou em dezembro de 2016, segundo o MPPA, fraudou diversos contratos realizados com empresas dos mais variados ramos, os desvios atingiram a compra de marmitas e até de caixão funerário, além do transporte escolar municipal.
 
Juntamente com o ex-prefeito, os secretários das pastas envolvidas também foram denunciados.
 
Mais de R$ 2,5 MILHÕES desviados
O Ministério Público do Estado ofereceu denúncia contra o ex-prefeito de Mãe do Rio e seus ex-secretários pelos crimes de peculato, ou seja, apropriação de indevida de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel público em proveito próprio, além de extravio, sonegação e inutilização de documentos. O rombo no pequeno município paraense alcançou a cifra de R$ 2,5 MILHÕES. 
Sumiu com documentos públicos e não prestou contas
O MPPA ainda afirma que houve desaparecimento de documentos referentes aos contratos com várias empresas e a Prefeitura.
As investigações também mostram a falta de prestação de contas aos órgãos de controle, fato que também configura crime e que está sendo apurado.
Caixões funerários
De acordo com as investigações do Ministério Público a secretária Antônia Edilaura Tavares Lopes, em setembro de 2016, adquiriu 23 caixões funerários, mas foram registradas apenas 9 óbitos no município.
Marmitas
A secretaria de Administração e Finanças e a secretaria de Saúde compravam marmita e carne de primeira da empresa V.T.Martins de Oliveira ME, cuja proprietária era uma servidora pública, portanto, impedida de fechar contratos com a administração pública. 
Transporte escolar
Só no mês de dezembro de 2016 a prefeitura pagou R$ 65.356,80 à empresa de transporte E.M Reis Serviços LTDA-ME, pelo serviço de aluguel de transporte escolar sendo que o serviço nunca foi prestado.
-- Publicidade --

Comentários no Facebook