Fórum prevê consórcio entre governos estaduais para compra de medicamentos

sexta-feira, 2 de junho de 2017 às 12:13
149 Visualizações

O 3º encontro do Fórum de Governadores Brasil Central deste ano, sediado em Palmas, teve início por volta das 10 horas desta sexta-feira, 02. O Governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), abriu o evento que conta ainda com os líderes do executivo dos Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Rondônia.

A novidade deste fórum é que um sétimo Estado deseja participar do fórum: o Maranhão. O chefe do executivo do Estado nordestino, Flávio Dino (PCdoB), inclusive se encontra na capital tocantinense para viabilizar sua participação na cúpula e, consequentemente, do consórcio para compra de medicamentos

Publicidade

A participação do Maranhão foi celebrada pelo presidente do Fórum e governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Ele falou sobre a entrada do Maranhão no consórcio e sobre os objetivos do grupo.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), destacou que não dá mais para cada Estado pensar de forma individual, e sim regional. “Estamos colhendo frutos desse modelo de integração regional. Quando pensamos regionalmente, nós ganhamos muito em competitividade”, disse ao destacar a entrada do Maranhão no grupo.

Natural de Dianópolis, aqui no Tocantins, o governador de Rondônia Confúcio Moura (PMDB) disse que a riqueza comum entre RO e TO é a “agricultura familiar fortíssima”, destacando que Rondônia é o maior produtor de peixe no País, ao ser questionado sobre os dois Estados serem os de menor PIB entre os membros do Fórum.

Hoje acontece a Assembleia Geral, na qual os governadores se reúnem com os conselheiros de Administração. E por fim será realizado o Fórum dos Governadores, com os chefes do administrativo de cada estado.

(JORNAL DO TOCANTINS)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook