Kátia Abreu critica seletivo para hospital de campanha do governo do Tocantins

segunda-feira, 10 de agosto de 2020 às 18:25
Senadora Kátia Abreu. Foto: Arquivo/ VB.

TOCANTINS – A senadora Kátia Abreu (PP) criticou o processo seletivo aberto pelo governo do Tocantins para preenchimento de vagas no Hospital de Campanha de Palmas, que atenderá pacientes com covid-19.

A senadora também chamou atenção para o momento em que o hospital será instalado, após pelo menos 5 meses de pandemia.

Publicidade

“Com estes salários acho difícil atrair bons profissionais de saúde para o Hospital de Campanha de Palmas que o governo do estado está montando. Atrasadíssimo mas está em curso. Já são 5 meses de pandemia no Brasil”, disse.

Para o processo seletivo, são 75 vagas distribuídas em 17 cargos. Os salários variam de R$ 1.045,00 a R$ 3.919,34.

Imagem: Reprodução.

A empresa que realizará a gestão hospitalar dos novos leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva é o Instituto Saúde e Cidadania (Isac). O valor total do contrato é de R$ 20,6 milhões por seis meses de trabalho, e serão ofertados 70 leitos para pacientes de todo o estado.

O período de inscrição já começou no último dia 8 e encerra nesta terça-feira, 11. A seleção contará com as etapas de inscrição, análise curricular e avaliação teórica.

(Voz do Bico)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook