Pitaluga é reeleito presidente da OAB/TO e Ademar Parente, eleito presidente da subseção augustinopolina

quarta-feira, 17 de novembro de 2021 às 09:20

TOCANTINS/AUGUSTINÓPOLIS – Com 1.797 votos conquistados, Gedeon Pitaluga foi reeleito para mais três anos no cargo de presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Tocantins, durante eleição realizada nessa terça-feira (16) na capital do estado, Palmas, e em outros 15 municípios tocantinenses. A advogada Priscila Madruga é a vice-presidente nesta chapa.

Ester Nogueira teve 1.370 votos e Leonardo Meneses Maciel teve 463 votos, ficando, respectivamente, no segundo e terceiro lugares na disputa para a presidência.

AUGUSTINÓPOLIS

Publicidade

Na subseção augustinoplina, que tem 54 advogados aptos a votar, 49 compareceram. Entre estes, Gedeon Pitaluga conquistou 40 votos, Ester, 8; Leonardo, 1, e houve 1 em branco. Para o cargo de presidente da subseção de Augustinópolis, o advogado coronel Ademar Parente, que já comandava a unidade, obteve 45 votos, três foram nulos e um em branco.

ESTADO

No Tocantins, mais de 10 mil advogados estão inscritos na seccional da OAB, conforme dados fornecidos por integrantes da instituição ao portal Voz do Bico. No entanto, aproximadamente 5 mil estavam aptos a votar.

Palmas é o maior colégio eleitoral da OAB no estado, com 2.781 votantes. Aqueles que não votaram devem receber multa no valor de 20% da anuidade, já que o voto nesta eleição é obrigatório para os aptos.

Reeleito, Pitaluga deverá agora conduzir o processo de escolha da lista sêxtupla que será encaminhada pela OAB ao Tribunal de Justiça do Tocantins para definir um novo desembargador na vaga do quinto constitucional, aberta com a aposentadoria compulsória de Amado Cilton.

(Redação Voz do Bico)

-- Publicidade --