Araguatins: parceria entre prefeitura e Cadeia Pública possibilita trabalho para presos na revitalização de praças

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 às 17:10
Foto: Divulgação / Seciju

ARAGUATINS – Desenvolvido pela Cadeia Pública de Araguatins, em parceria com a Prefeitura do município, um projeto social tem possibilitado que 14 reeducandos do presídio tenham remição da pena por trabalho. Os apenados, por mérito de bom comportamento, trabalham na revitalização das praças da cidade com ações de limpeza e jardinagem dos espaços públicos.

Oficializada junto ao Poder Judiciário, a parceria permite que a cada três dias trabalhados, um dia seja subtraído da pena. O chefe de segurança, Adenilson Barros Nascimento, conta que os projetos têm agradados os reeducandos. “A maior parte deles quer trabalhar, remir a pena e ocupar o tempo ocioso. Logo, procuramos firmar essa parceria com a prefeitura para possibilitar o trabalho e a reintegração social, inclusive, a comunidade interage bastante e incentiva os reeducandos”, destaca.

Para o diretor da Cadeia Pública de Araguatins, Heberson Vieira de Sousa, a parceria entre as partes é positiva para todos. “É uma via de mão dupla, pois nossos reeducandos têm contribuído bastante com o município, conseguem remir a pena e trabalhar em benfeitorias no que diz respeito à limpeza e zelo da coisa pública, sentem-se úteis e enxergam outros caminhos”, disse.

Além do projeto de revitalização das praças, a Cadeia Pública de Araguatins desenvolve outras atividades em parceria com a prefeitura e o Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Campus Araguatins. Um dos projetos é a horta da unidade prisional, que surgiu a partir de um curso de formação continuada ofertado pelo IFTO como projeto de extensão.

Para implementar a horta, a prefeitura cedeu um terreno e ofertou uma caixa d’água com capacidade de três mil litros para fins de irrigação da horta. A capacitação é ofertada constantemente aos reeducandos e os vegetais e legumes produzidos são vendidos pelos detentos. “A venda dos produtos da horta contribui na atenção de pequenos reparos e necessidades na unidade”, conta o chefe de segurança. (Redação Voz do Bico, com informações da Assessoria) 

-- Publicidade --

Comentários no Facebook