Augustinópolis: Alunos e funcionários do CEMVS avaliam o retorno às aulas em regime remoto

segunda-feira, 29 de junho de 2020 às 11:33
Divulgação/CEMVS.

TOCANTINS – Seguindo o calendário de retorno às aulas determinado pelo governo do Tocantins, o Colégio Estadual Manoel Vicente de Souza (CEMVS) iniciou nesta segunda-feira, 29, as aulas não-presenciais para os alunos da 3ª série do ensino médio.

Durante o período da manhã, os estudantes tiveram um momento de acolhida feito pela equipe gestora e professores e, na sequência, participaram de seis videoaulas. O período vespertino será sempre destinado à realização de atividades para melhorar a fixação dos conteúdos vistos nas aulas ofertadas no turno matutino. Além disso, os alunos terão horários específicos para plantões de tira-dúvidas.

Publicidade

As videoaulas serão transmitidas de segunda a sábado no período matutino, ao vivo pelo aplicativo Google Meet, e posteriormente serão disponibilizadas em uma plataforma do CEMVS para consulta pelos alunos. Os estudantes que não possuem acesso à internet receberão o Roteiro de Estudo impresso com todos os materiais das videoaulas, em linguagem autoexplicativa e com orientações para resolução das atividades enviadas. Os alunos poderão tirar suas dúvidas através de ligação telefônica e de mensagens pelo aplicativo WhatsApp ou pela plataforma do CEMVS.

Os alunos que residem na zona urbana e que não possuem acesso à internet deverão retirar o Roteiro de Estudo na recepção do colégio todas as segundas-feiras; já os que residem na zona rural irão receber o material em suas casas através de serviços de transporte contratados pelo estado para essa finalidade.

Alunos, pais e professores fizeram uma avaliação positiva do primeiro dia de aula em regime remoto:

Marcos Silva Mota. Imagem: Divulgação/CEMVS.

“A nova forma de ensino remoto está sendo uma experiência magnífica, ótimas explicações dos professores, que são competentes. Foi uma aula super agradável, gostei muito!” Marcos Silva Mota, aluno do Ensino Médio Integral, turma 33.01.

“Depois de tantos dias longe do nosso ambiente escolar, estamos de volta de uma forma diferente e inovadora. Bem, a nossa expectativa como alunos nesse momento, é que tudo dê certo. Acredito que não somente eu, mas todos os alunos de terceira série nesse momento estão surpresos com a qualidade das aulas que foram aplicadas no dia de hoje, pelo simples fato de tudo estar muito bem explícito e bem organizado. Os dias são difíceis, por isso fica o nosso agradecimento aos professores e aos gestores por estarem se dedicando ao máximo”. Jeovana Araújo de Sousa, aluna da 3ª Série do Curso Técnico em Enfermagem.

Dona Maria do Socorro recebendo o material. Imagem: Divulgação/CEMVS.

Para Dona Maria do Socorro, que foi na manhã desta segunda-feira fazer a retirada o Roteiro de Estudo da sua filha, a aluna Maria da Conceição Santos Neres, a proposta de ensino remoto foi muito boa porque assim, a filha não tem contato com outros alunos e evita uma possível contaminação com a covid-19.

 

“Sou estudante do CEMVS, moro na zona rural e estou recebendo todo o apoio da equipe pedagógica. Tiro todas as minhas dúvidas, posso ligar se acontecer qualquer problema, tivemos reunião online para apresentação da proposta de estudo a distância e o material do Roteiro de Estudo que recebi é muito bom, bem específico e explicado, com questionário que temos que responder e entregar toda segunda”. Wágno Pereira Aguiar, aluno da 3ª Série do Curso Técnico em Enfermagem.

“Estou cheia de entusiasmo e esperançosa com a retomada das aulas com esse novo método desenvolvido para ajudar os alunos a não serem prejudicados e perder o ano letivo. Parabéns a toda a equipe do CEMVS pela dedicação, entusiasmo ao se adaptar para essa nova jornada de trabalho. Como mãe, vou ajudar e dar todo o suporte necessário ao meu filho, e assim contribuir para que dê tudo certo”. Sintia Lima Macedo Rodrigues, mãe do Pedro Henrique, que cursa a 3ª série do Curso Técnico em Informática.

“Foi uma experiência nova e bem desafiadora, acredito que com o passar do tempo, professores e alunos aceitarão de forma tranquila e consciente que há de fato aprendizagem nesse novo modelo de ensino. O importante é ter foco nos objetivos a serem alcançados. Acredito que a interação passará a ser mais dinâmica nas próximas aulas e o processo de ensino-aprendizagem irá de fato acontecer”. Paulo Batista Franca, professor de Matemática da 3ª série.

“Em momentos de incerteza, insegurança e luta pela preservação da saúde e da vida que estamos enfrentando em virtude da pandemia, as aulas remotas surgiram como uma alternativa necessária e, também, a mais eficaz garantia de continuidade deste ano letivo, tendo em vista que as ferramentas digitais são uma realidade presente na vida cotidiana dos alunos do CEMVS. Assim, entendo que as aulas remotas são a melhor forma de obter o sucesso escolar dos estudantes da nossa comunidade nessa situação atípica”. Maria Edinalva Veras, coordenadora pedagógica.

“O CEMVS, mesmo em tempos adversos, continua cumprindo com muito zelo o seu papel, o de ofertar uma educação pública de qualidade e com equidade. Sabemos que esse não é o modelo de ensino ideal para que possamos atingir grandes e significativos resultados de aprendizagem, porém, é o mais cabível para o momento. Precisamos assegurar vidas e a continuidade do ano letivo, estamos nos empenhando muito para oferecermos o melhor possível aos nossos alunos. Seguiremos firmes, vamos vencer a covid-19! Estamos na torcida para que tudo isso passe e muito em breve possamos dar continuidade ao processo de ensino de maneira presencial, e com segurança. Vidas é o que importa”. Diretor do CEMVS, Victor Ribeiro.

“Nossas aulas online não são apenas videoaulas, os alunos podem interagir e conversar com professores durante as explicações das aulas e assim, sanar suas dúvidas. A escola tem uma plataforma virtual que era utilizada antes da pandemia, o que viabiliza a realização de atividades e provas, realização de fóruns e chats/ tira dúvidas. Nas aulas de hoje, pude constatar um alto grau de envolvimento dos nossos alunos, professores e equipe gestora, que se esmera para o sucesso dos jovens na concretização de seus projetos de vida”. Cleide Franco de Lima, Coordenadora pedagógica.

O colégio disponibilizou o seguinte telefone para que os alunos possam tirar dúvidas sobre a aplicação do novo método de ensino: (63) 3456-1523.

 (Informações: Assessoria)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook