Startup de Augustinópolis conclui programa de aceleração internacional

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021 às 08:57
Imagem: Assessoria.

AUSTINÓPOLIS – A Clinspace, empresa augustinopolina da área da saúde, obteve recentemente graduação no maior programa de aceleração de startups do mundo, o Founders Institute. A empresa tem em sua equipe Eduardo Filho, Grazielle Silva, Tomaz Nikono, Daiana Lima e Rakel Araújo, e conta com a parceria da Centroclin Consultórios Inteligentes, também de Augustinópolis.

Após quatro meses no programa de aceleração, entre cinquenta empresas de diferentes partes do mundo, a startup tocantinense foi uma das onze que conseguiram concluir com sucesso o programa, ficando com a segunda melhor avaliação feita por investidores e empreendedores de renome.

Publicidade

Assim, a Clinspace apresentou seu projeto de mediação entre profissionais de saúde e clínicas a investidores internacionais, entrando para um seleto grupo de empresas com alto potencial de crescimento.

Daiana, Tomaz e Rakel. Foto: Assessoria.

A startup tem o propósito de reduzir a desigualdade na distribuição dos serviços de saúde pelo país, uma vez que sua plataforma ajuda diversos profissionais da área, como psicólogos, médicos, odontólogos, nutricionistas e fisioterapeutas, a encontrarem clínicas para atuar em períodos em que essas estão ociosas.

“Vimos um potencial gigante na otimização do uso de consultórios e outros ambientes em empresas de saúde e decidimos usar nosso conhecimento  para criar a startup e acelerar a evolução do negócio”, conta Tomaz Nikono, CEO da Clinspace. “Temos muito orgulho de fazer parte das empresas aceleradas no programa do Founders Institute e de sermos do segmento de empresas de tecnologia em saúde”, enfatiza.

A Clinspace busca solucionar alguns problemas enfrentados pelos profissionais de saúde. Dentre eles:

Colocação do jovem profissional

Através da rede de referência na plataforma, é possível criar mais oportunidades de jovens profissionais e proprietários de clínicas conversarem.

Sem clínicas ociosas

Outro ponto importante é que muitos profissionais deixam suas clínicas ociosas por longos períodos, pois atuam também no serviço público.

Desse modo, esse tempo poderia ser utilizado para aumentar o faturamento da empresa ao disponibilizá-la para outros profissionais selecionados através da Clinspace, o que beneficiaria tanto profissionais e clínicas quanto a população.

Melhor distribuição dos serviços médicos

Médicos, fisioterapeutas, dentistas, psicólogos e nutricionistas estão altamente concentrados nas grandes cidades. Existe, portanto, uma demanda reprimida por serviços de saúde que poderia ser suprida por profissionais dispostos a atuar periodicamente no interior, sem ter que morar nessas regiões.

Profissionais que desejam abrir seu próprio consultório

Muitos médicos se mudam para os locais que mais precisam desses profissionais e onde a renda salarial é maior, como nas capitais. Ou seja, eles vão para onde a medicina já está segmentada, o que não contribui para uma distribuição de serviços.

Grande parte dos profissionais da saúde sonham em ter seu próprio negócio, seu consultório, clínica ou até mesmo centro médico e ficar em um local específico, porém abrir um negócio nesse ramo demanda um alto investimento.

Além disso, é necessário um tempo para conseguir pacientes fixos, o que acaba desmotivando diversos profissionais.

Assim, com a proposta da startup, é possível que os profissionais da saúde possam se motivar a abrir seu próprio negócio sem um alto investimento, também equilibrando nessa segmentação de serviços médicos.

Sobre o Founder Institute

O Founder Institute atualmente é o maior programa do mundo para lançamento de startups que estão no estágio de ideação, principalmente.

Desde 2009, a metodologia do Founders Institute já ajudou mais de 4.500 companhias nos seis continentes ao criar negócios que impactam o mundo. Diversas startups utilizaram o Founders Institute para levantar fundos, construir uma equipe de co-fundadores, gerar tração e diversas outras ações.

(Assessoria)

-- Publicidade --