Conselho Comunitário de Segurança de Augustinópolis participa de seminário internacional

sexta-feira, 9 de novembro de 2018 às 10:31
Foto: Divulgação

Redação Voz do Bico

PALMAS – Representantes do Conselho Comunitário de Segurança de Augustinópolis (Conseg) participaram do II Seminário Internacional de Polícia Comunitária do Estado do Tocantins, realizado em Palmas, nessa terça-feira (7) e quarta-feira (8). A presidente do conselho, Vangela Queiroz, e o conselheiro Ribamar Alves representaram Augustinópolis no evento, que debateu práticas de aproximação entre forças de segurança pública e comunidade com palestrantes do Japão, Chile e Brasil.

Publicidade

Conforme a presidente do Conseg Augustinópolis, o seminário foi importante para conhecer o trabalho desenvolvido pelos conselhos em outras cidades, estados e países. Além disso, foi uma oportunidade para trocar experiências e pensar estratégias para atuação em Augustinópolis.

“Nós conhecemos como as forças de segurança trabalham com a comunidade em outros estados do Brasil e em outros países. Foram discussões e exemplos motivadores. A partir de agora é repassar esses conhecimentos para os demais conselheiros e desenvolver ações dentro da nossa realidade em Augustinópolis”, disse Vangela Queiroz.

Foto: Divulgação

O II Seminário Internacional de Polícia Comunitária do Estado do Tocantins foi realizado por meio da parceria entre a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, com o objetivo de proporcionar capacitação, orientação e discussão sobre a temática proposta. Além disso, o evento buscou instigar novas práticas e ações preventivas, além do estímulo a uma participação social numa gestão de parceria entre comunidade, forças de segurança pública e poder público municipal.

Dentre os palestrantes presentes no evento estavam Kenichi Suzuki, secretário de Segurança da Embaixada Japonesa no Brasil (JICA), e o oficial Carabinero do Chile Jordan Valenzuela Valencia, que discorreu sobre a experiência chilena na área da segurança pública.

A Polícia Comunitária é uma filosofia e uma estratégia organizacional que proporciona uma parceria entre a população e a polícia, baseada na premissa de que tanto a polícia quanto a comunidade devem trabalhar juntas para resolver problemas como crimes, drogas, violência, entre outros. No Tocantins, o Programa de Polícia Comunitária foi lançado em 2001 e, desde 2002, os trabalhos de polícia comunitária se expandiram no Estado com a criação de bases comunitárias fixas e dos Conselhos Comunitários de Segurança.

-- Publicidade --