Consumidor reclama do preço de energia em Augustinópolis

terça-feira, 16 de Maio de 2017 às 16:27

O pequeno empresário Euripides Oliveira, conhecido como Parceiro, antigo distribuidor de bebida na cidade está revoltado com os valores das faturas nas contas mensais de energia elétrica de sua residência. Segundo ele os valores estão comprometendo grande parte dos seus rendimentos e ele também alega a falta de transparência por parte da empresa Energisa  – responsável pela cobrança de energia elétrica em Augustinópolis.

Publicidade

Parceiro diz que os valores, que ele sustenta serem abusivos, começaram há aproximadamente um ano, quando foi trocado o relógio medidor de energia. “Desde então as contas começaram a chegar com preços que considero um absurdo. Troquei todas as lâmpadas antigas por lâmpadas de led e de 4 watts. Ficou  no mesmo”, disse ele de mostrando indignação. O empresário diz que já procurou a empresa fornecedora de energia e, segundo ele, não foram claro e disseram que a culpa é do “governo que cobra altos impostos’.

Sempre demonstrando muito aborrecimento, Parceiro mostra duas tarifas, sendo uma do mês 04 de R$ 326,15 enquanto a de maio veio de R$ 447,95 e esta diferença de valores para ele foge do que na realidade foi consumido. Diz ainda que irá procurar o Procon e caso não encontre uma solução irá a Justiça. A redação do porta voz do Bico ligou nesta tarde nos números 3456 1350 e 3456 166, no escritório da empresa em Augustinópolis, mas não houve atendimento.

-- Publicidade --

Comentários no Facebook