Homem suspeito por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil em Buriti

quarta-feira, 24 de maio de 2017 às 07:50
248 Visualizações

Uma ação de combate à criminalidade deflagrada, na tarde desta terça-feira, 23, por policiais civis da Delegacia de Araguatins, comandados pelo delegado Edson José Lobato Borges resultou na prisão de Daniel Moreira Rodrigues, 43 anos, suspeito pela prática do crime de estupro de vulnerável e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, quando se encontrava em Buriti do Tocantins.

Daniel abusava das jovens após “contratá-las” para trabalharem com ele no pula-pulaDaniel abusava das jovens após “contratá-las” para trabalharem no pula-pulaConforme o delegado Edson Lobato, há cerca de três meses, os policiais civis da DP de Araguatins deram início as investigações sobre a conduta de Daniel, após receberem várias denúncias anônimas de que o homem, proprietário de um pula-pula, estaria abusando sexualmente de algumas meninas com idade entre 11 e 13 anos, as quais eram contratadas por ele durante o funcionamento do brinquedo que era instalado em várias cidades do Bico do Papagaio.

Publicidade

“O indivíduo chegava às cidades e montava seu pula-pula, geralmente em uma praça do município e, com a desculpa de que precisava de alguém para ajudá-lo, ganhava a confiança de algumas mães e, a partir daí, oferecia pequenas quantias em dinheiro para as meninas. No entanto, quando se encontrava sozinho com as adolescentes, o homem passava a praticar atos libidinosos e a molestá-las sexualmente”, ressaltou o delegado.

Após reunir indícios concretos das práticas criminosas, o delegado representou, junto ao poder judiciário, pela prisão preventiva de Daniel, que foi deferida. De posse do mandado de prisão, os agentes passaram a monitorar a rotina do suspeito, uma vez que ele vivia mudando de cidade, constantemente.

“Na tarde de hoje (23), obtivemos informações de que o Daniel estaria e Buriti e, desta maneira, fomos até àquela cidade e efetuamos a prisão do mesmo”, pontuou o delegado.

O indivíduo foi trazido à sede da DP de Araguatins e, após os procedimentos cabíveis, ele foi recolhido à carceragem da Cadeia Pública de Araguatins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Por: Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

-- Publicidade --

Comentários no Facebook