Pesquisa Observatório de Sala de Aula será realizada em escolas de Aguiarnópolis

quinta-feira, 29 de novembro de 2018 às 11:16
46 Visualizações
Foto: Elias Oliveira / Governo do Tocantins

AGUIARNÓPOLIS – Como parte das ações do Programa Estrada do Conhecimento (PEC), escolas de Aguiarnópolis vão participar da pesquisa Observatório de Sala de Aula entre os dias 3 e 7 de dezembro. A partir da observação de toda a aula, de 50 minutos, os técnicos da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) irão fazer anotações e fotos instantâneas a cada 5 minutos. Os dados serão entregues o Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (IETS) e o resultado deve ser divulgado em janeiro.

A pesquisa é parte do Programa Estrada do Conhecimento, que é resultado do acordo de compromisso firmado entre Banco Mundial/Brasil e Governo do Tocantins. O objetivo é desenvolver ações voltadas para o fortalecimento da educação com vistas a minimizar as condições de vulnerabilidade social das crianças e adolescentes de municípios situados às margens da Rodovia Belém-Brasília, entre eles Aguiarnópolis.

Publicidade

A formadora, Audrey Marie Schuch-Moore, explicou que a pesquisa é uma das ações desenvolvidas pelo PEC, baseada na metodologia Stallings. “A formação é sobre como utilizar a metodologia Stallings no Sistema de observação de Sala de aula. Os técnicos observam o comportamento do professor na utilização do tempo com atividades acadêmicas e não acadêmicas. A ideia é identificar os momentos em que a sala tem atividades não pedagógicas e implementar ações capazes de melhorar a utilização desse tempo”, destacou.

Cerca de 30 servidores e técnicos da Seduc participam de formação para assessoramento na realização da pesquisa piloto Observatório de Sala de Aula. O treinamento começou na segunda-feira (26) e segue até a próxima sexta-feira (30).

A formação é realizada pela Seduc, em parceria com o Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade, para o assessoramento técnico e apoio logístico, e com a empresa FHI 360, responsável pelo treinamento, certificação de Observadores da Sala de Aula, formação dos professores relacionados à pesquisa e treinamento de Coaching.

Ailha Vieira, técnica pedagógica do PEC, disse que a pesquisa irá apontar soluções para a utilização do tempo nessas escolas. “Muitas vezes o tempo inicial da aula é gasto com pequenas coisas, como organização da sala, por exemplo. A pesquisa irá identificar todos os passos do professor e do aluno. Após o término da pesquisa, iremos desenvolver estratégias para qualificar o tempo na sala e, assim, o aluno terá resultados melhores na aprendizagem”, apontou. (Redação Voz do Bico, com informações da Assessoria)

-- Publicidade --