Em recado ao Comando Vermelho membros do PCC executam homem em Araguaína

quarta-feira, 29 de março de 2017 às 10:39
3.181 Visualizações
O assassinato, teria sido feito pelos membros do PCC com o objetivo de mandar um “recado para o Comando Vermelho”, facção que a vítima seria membro.

Um homem identificado por Mateus Almeida da Silva, codinome de “Coladinho”, foi espancado e executado a tiros à queima-roupa por supostos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC). O assassinato, conforme dois vídeos que circulam nas redes sócias, teria sido feito pelos membros do PCC com o objetivo de mandar um “recado para o Comando Vermelho”, facção que a vítima seria membro.

Em um dos vídeos, Coladinho é espancado com vários golpes na cabeça dentro de uma casa, por um suposto membro do Primeiro Comando da Capital (PCC). O agressor xinga e fala para Mateus pedir, pelo “amor de Deus, para não ser morto”. Desesperado e vendo a morte eminente, ele pede desculpa ao PCC e afirma não fazer mais parte do Comando Vermelho. O suposto membro do PCC diz que está com ódio do CV e que Mateus tem sorte de não ser morto naquele momento, mesmo assim é espancado com vários golpes na cabeça.

Publicidade

Já o segundo vídeo as cenas são ainda mais forte: Mateus Almeida está em um matagal, ensanguentado, olho roxo, sentado, aparentemente com as mãos amarradas para trás. Novamente ele é obrigado a falar e manda um recado para os membros do Comando Vermelho. A mensagem é que o CV “deve sair voando de Araguaína enquanto é tempo, pois vão morrer todos”. Caladinho ainda é obrigado a pedir desculpa ao PCC, e em seguida é executado cruelmente com três tiros à queima-roupa.

Conforme a PM, coladinho seria morador do Setor Araguaína Sul e corpo da vítima foi encontrado na manhã desta quarta-feira (29/03) em um matagal no setor presidente Lula. A família disse que o jovem estava desaparecido e só soube do crime pelos vídeos que circulam nas redes sociais.

-- Publicidade --

Comentários no Facebook