Operação da Polícia Civil prende oito suspeitos de praticar roubos em Araguaína

quarta-feira, 4 de julho de 2018 às 15:05
Foto: Divulgação / Polícia Civil

ARAGUAÍNA – A Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) de Araguaína finalizou, nesta quarta-feira (4), a Operação Assepis, que resultou na prisão de oito homens suspeitos de praticar roubos na região. A operação é resultado de investigações policiais e cumprimentos de mandados de prisão emitidos pelo Poder Judiciário.

Conforme a polícia, o bando agia na cidade efetuando assaltos a residências em muitos casos com intimidações dos moradores por meio de atos e palavras de violência, assustando inclusive crianças e adolescentes. As prisões iniciaram na madrugada da última segunda-feira (2).

De acordo com o delegado Felipe Crivellaro, a operação cumpriu mandados de prisão preventiva e temporária e investigados pelas práticas de roubos no município de Araguaína, foram efetuados oito mandados de prisão.

Os presos são: Edinaldo de Souza Brito, 45 anos, Manoel Lima Santos, 21 anos, Ítalo Eduardo Pereira de Castro, 25 anos, Francislei Ferreira da Costa, 31 anos, Ednam Rodrigues Leite, 22 anos, Lucas Pereira Alves dos Santos, 18 anos, Thiago da Silva Cipricio, 19 anos, e Hígor Rodrigues de Sousa, 21 anos.

Segundo o delegado Felipe Crivellaro, Lucas Pereira, mais conhecido como Magrão, é considerado um dos assaltantes mais perigosos de Araguaína, realizando um assalto a cada dois dias na cidade, muitas vezes contando com apoio de Ednaldo Brito, um taxista da cidade.

“Em todos os casos, Magrão é reconhecido na DRR por incontáveis roubos cometidos na cidade. Neste caso, percebemos que ele foi se especializando em roubos a residências. Ele utilizava de forte intimidação às vítimas, mantendo famílias em refém durante os roubos, inclusive crianças”, ressaltou o delegado.

Após serem interrogados, os presos foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína, onde ficarão à disposição da Justiça. A operação foi batizada de “Assepsis”, expressão em latim que remete à limpeza, assepsia e desinfecção, retirando do convívio social bandidos e assaltantes perigosos.

-- Publicidade --

Comentários no Facebook