Suspeito de praticar homicídio em Sampaio é preso em Imperatriz

quarta-feira, 13 de outubro de 2021 às 17:27
Homem foi reconhecido por um policial civil de folga na cidade de Imperatriz. – Foto: Dennis Tavares

SAMPAIO – Um policial civil da cidade de Praia Norte, capturou um homem de 23 anos, principal suspeito de praticar um homicídio, na cidade de Sampaio, no dia 2 de maio de 2020. De acordo com a delegada Daniela Caldas, a prisão ocorreu na cidade de Imperatriz, no estado do Maranhão. Na oportunidade, o policial civil estava de folga, quando avistou o foragido da Justiça em uma das avenidas da cidade.

O agente reconheceu o indivíduo como sendo o autor de um homicídio ocorrido em Sampaio que vitimou um jovem de 27 anos. De imediato, o policial solicitou apoio de policiais militares de Imperatriz e fez a abordagem do homem. Reconhecido, o suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes do município, onde, após consulta realizada no Banco Nacional de Cadastro de Mandados de Prisão, foi localizado o mandado de prisão preventiva, expedido pela Comarca de Augustinópolis, em desfavor do foragido.

Publicidade

Em seguida, após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem foi recolhido à Unidade Penal de Imperatriz, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário do Estado do Tocantins. Ainda segundo a delegada, na época do crime, após diligências investigativas, as equipes da Polícia Civil da 9ª DP de Praia Norte, identificaram o autor do homicídio, sendo que a autoridade policial representou, junto ao Poder Judiciário da Comarca de Augustinópolis, pela prisão preventiva do mesmo.

Com o deferimento do pedido, os policiais civis passaram a diligenciar com o objetivo de localizar o paradeiro do autor. No entanto, para evitar ser preso, o homem teria fugido para o estado do Maranhão.

O crime

Conforme a delegada Daniela Caldas, o homicídio ocorreu na zona rural da cidade de Sampaio. Na ocasião, vítima e autor estavam ingerindo bebida alcoólica quando teve início uma discussão. Segundo o apurado pela Polícia Civil, o suspeito, armado com uma faca, desferiu três golpes que atingiram o pescoço da vítima, que acabou morrendo em virtude dos ferimentos.

Motivação

Ainda segundo revelaram as investigações da Polícia Civil, o homicídio teria sido motivado pelo fato de que o autor teria ficado sabendo que a vítima estaria dizendo que ele estaria envolvido com furto de gado no Maranhão e por esse motivo teria fugido para o estado do Tocantins.

(SSP/TO)

-- Publicidade --