Prefeitura busca apoio de líderes religiosos e vereadores para combate às drogas

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018 às 13:00
Foto: Divulgação/ Ascom Augustinópolis

AUGUSTINÓPOLIS – O uso de drogas por jovens e adolescentes é uma preocupação nacional. Desta forma, a prefeitura de Augustinópolis na pessoa do Prefeito Júlio Oliveira, com a intenção de prevenir e combater essa triste realidade, organizou uma reunião com líderes religiosos e com os vereadores nesta quinta-feira (18) para discutir o assunto e buscar soluções.

A elaboração de um projeto de prevenção e combate, através da Secretaria Executiva de Cultura e Turismo, que possa retirar os jovens de uma situação de vulnerabilidade foi a pauta do encontro.

Foto: Divulgação/ Ascom Augustinópolis
Publicidade

As autoridades religiosas, pelas constantes ações que já desempenham de caridade e de amparo social, foram convidadas a contribuir com o projeto do município juntamente com as secretarias de administração, secretaria de meio ambiente e secretaria do trabalho, desenvolvimento social e habitação e os vereadores.

De acordo com o prefeito, Júlio Oliveira (PRB), o primeiro passo já foi dado, mas é preciso o engajamento de toda a comunidade para que os resultados possam aparecer. “Nós tivemos uma conversa muito proveitosa. O membro da Igreja Assembléia de Deus CADETINS, Antônio Monteiro da Silva com o apoio dos líderes religiosos, apresentou uma ideia muito boa que iremos estudar com o apoio da câmara, mas é preciso que toda a população contribua, essa é uma luta de todos nós”, explicou.

Antônio Monteiro explicou o projeto de uma fazenda para abrigar usuários que queiram mudar suas histórias e se livrar do vício. “A reabilitação química em vários projetos pelo país tem salvado vidas, aqui em Augustinópolis isso também pode acontecer”, disse Antônio, que também comentou a importância de envolver as famílias nesse processo de reabilitação.

Para o secretário executivo de Cultura e Turismo, Alírio Sérgio Mareco, a iniciativa é muito significativa e não pode esperar para começar a ser posta em prática. “Não podemos fechar os olhos para essa realidade. As drogas é um mal que fica muitas vezes oculto, escondido dos olhos da sociedade, mas que aos poucos vão causando problemas monstruosos”, argumentou o secretário, que elogiou a sensibilidade do prefeito para com a causa.

Os vereadores que estiveram presentes na reunião também declararam total apoio ao projeto e confirmaram que o legislativo municipal estará trabalhando em conjunto para que a iniciativa se concretize da melhor forma possível.

Foto: Divulgação

-- Publicidade --