Vocalista da banda 27 Milhas morre vítima de covid-19 em Palmas

quinta-feira, 17 de setembro de 2020 às 15:55
Kairo Dias. Foto: Reprodução.

PALMAS – Faleceu nesta quinta-feira, 17, por volta das 13h, o músico e vocalista da banda 27 Milhas, Kairo Dias Gomes Batista, 34 anos. O artista, que também era psicólogo e trabalhava na Defensoria Pública, em Araguatins, estava internado há 20 dias na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital em Palmas, por complicações da covid-19.

A banda se apresentou em Augustinópolis várias vezes e realizou uma live solidária neste ano para ajudar a comunidade de algumas cidades do Bico do Papagaio.

Publicidade

Amigos e fãs lamentaram a morte de um dos líderes da mais popular banda de pop rock da região do Bico do Papagaio. Um dos integrantes do grupo, Samuel Milhomem, prestou sua homenagem ao músico:

Foram 3 longos anos de amizade, unidos pela música, arte e poesia. A rosa dos ventos foi símbolo escolhido da banda, representando metaforicamente os rumos aos quais sonhávamos trilhar. 27 Milhas foi a distância que nos uniu dentro de um hobby em um sonho. Você sempre estará ligado a nós. A vida é um sopro e como um vento você se foi, escolheu sua direção, deixou as lembranças e as marcas de um tempo que serão eternos em nossos corações. Fica em paz, amigo.

A Defensoria Pública do Estado do Tocantins em Araguatins emitiu uma nota de pesar pelo falecimento:

Membros, servidores, estagiários e voluntários da Defensoria Pública do Estado do Tocantins receberam com pesar e, sobretudo, com muita tristeza, a informação sobre o falecimento do psicólogo e analista em gestão especializado (Anagesp) – Psicologia da Instituição, cantor e compositor, Kairo Dias Gomes Batista, 34 anos.

Kairo foi contaminado pelo novo coronavírus e enfrentou a covid-19, mas não resistiu aos efeitos da doença e veio a óbito nesta quinta-feira, 17, no Hospital Geral de Palmas (HGP), onde estava internado já há alguns dias em situação delicada de saúde.

Desde que ingressou na Defensoria Pública como servidor efetivo, em julho de 2013, Kairo atuava na Diretoria Regional de Araguatins, na região do Bico do Papagaio, onde fez amigos e colaborou com as ações e atuações da Defensoria sendo integrante da equipe multidisciplinar.

Por ser uma pessoa querida, os colegas de trabalho organizaram um grupo de oração que se reunia de forma virtual todas as noites a fim de contribuir com fé e positividade e demonstrar, mesmo que distante, o carinho que sentem por ele.

Kairo não era casado, nem tinha filhos, mas deixa entre os que conviviam de perto com ele a mensagem do amor à profissão, à música (ele era vocalista de uma banda em Araguatins, a “27 Milhas”) e também de amizade.

Natural de Brasília (DF), com os pais residindo em Palmas, Kairo construiu em Araguatins importantes relações e laços de amizade que serão para sempre lembrados por seus amigos.

Importante dizer, ainda, que seu trabalho junto às pessoas assistidas muito contribuiu para a missão da Defensoria Pública de levar acesso à Justiça aos que mais precisam. Descrito por colegas próximos como uma pessoa “alegre, cheia de vida e companheiro no trabalho”, Kairo já deixa saudades na Regional onde fez a sua carreira como servidor público da Defensoria.

Todos e todas da Defensoria sentem o impacto dessa perda, que embora já seja presente na vida dos tocantinenses, o que por si só é motivo de tristeza, nos causa ainda mais dor por ter levado uma pessoa que fazia parte do nosso dia a dia. Quando perto de nós, a covid é ainda mais avassaladora!

Que a família de Kairo encontre forças para enfrentar esse momento tão triste e tão sensível que coloca todos em situação de alerta quanto a essa doença que ainda é realidade e que tem levado, todos os dias, pessoas especiais que deixarão saudade, como Kairo vai deixar.

O corpo será sepultado em Palmas. Não haverá velório, como medida de prevenção ao novo coronavírus.

(Redação Voz do Bico)

Veja também: Live Solidária do Rotary Clube de Augustinópolis beneficiará famílias da região.

-- Publicidade --