24ª edição da Agrotins, enaltece a força do agro na economia do Tocantins

quinta-feira, 16 de maio de 2024 às 08:48
715 Visualizações

PALMAS – Com a presença de autoridades, representantes de órgãos públicos e setor empresarial do agronegócio, o governador Wanderlei Barbosa, acompanhado do vice-governador Laurez Moreira, abriu oficialmente a Agrotins 2024 na manhã de quarta-feira, 15. A 24ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2024), atualmente a maior da região Norte do Brasil, veio este ano com o tema Bioeconomia, oportunizando novas perspectivas para a produção agrotecnológica sustentável no campo.

“Hoje [quarta-feira, 15], nós vimos uma Agrotins que começa a mudar de rosto. Agora, temos acesso ao lago e, estamos fazendo a pavimentação de toda a feira, que, no ano que vem, estará concluída. Este não será um ambiente para ser usado apenas 4 ou 5 dias por ano, queremos desenvolver um projeto nesta área, com uma estrutura para receber as pessoas nos finais de semana e durante todo o ano”, ressaltou o Governador na ocasião.

Publicidade

Acompanhando o governador do Tocantins, a primeira-dama e secretária extraordinária de Participações Sociais, Karynne Sotero, também se fez presente na solenidade. Ela é responsável pela campanha de arrecadação de doações para o Rio Grande do Sul, que passa por situação de calamidade pública. Mais de 10 toneladas de alimentos já foram arrecadados e um ponto de coleta, localizado na entrada da Feira, está disponível durante todo o período do evento para receber mais doações.

O chefe do Executivo estadual também deixou sua mensagem em apoio às vítimas do estado gaúcho. “Nós estamos atravessando um momento muito difícil agora no Brasil, com a situação do Rio Grande do Sul. Nós somos uma única nação, nós somos uma pátria só. Não podemos ver nossos irmãos no Rio Grande do Sul e não fazer nada”, afirmou o Governador, ao reforçar que há um ponto de coleta para doação na Feira.

Também estiveram presentes, na abertura oficial da Agrotins 2024, parlamentares tocantinenses do Congresso Nacional, deputados estaduais, bem como a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, e gestores dos demais 138 municípios do Tocantins.

Bioeconomia

Sobre o tema da Agrotins 2024, Bioeconomia, o governador Wanderlei Barbosa enalteceu, em seu discurso, que a gestão vai cuidar dos interesses dos produtores rurais sempre respeitando as questões ambientais. “Queremos que eles venham e façam a produção do Tocantins crescer. Nós temos que fazer isso de maneira equilibrada e sustentável, cuidando do meio ambiente. Esse é o grande desafio do Brasil e do Tocantins: produzir de maneira sustentável, entendendo a importância do meio ambiente, das matas ciliares e das nossas nascentes”, reforçou.

Agrotins 2024

Falando em nome das entidades envolvidas na execução da Agrotins 2024, o secretário de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), Jaime Café de Sá, parabenizou o trabalho dos outros órgãos do Estado, como o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); o Instituto de Terras do Tocantins (Itertins); o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh); Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura, dentre outros, além de instituições financeiras, institutos de ensino, expositores; e os sindicatos e federações rurais.

“O Governo do Tocantins tem uma grande estrutura aqui, conseguindo conciliar a agricultura, a pecuária e a piscicultura. Grandes potenciais deste Estado. Há também o esforço no turismo e na mineração para transformar. E este ano, com o tema Bioeconomia mostrando que o Tocantins está na vanguarda, a exemplo da Tobasa, que trabalha com o coco babaçu; da usina de biodiesel em Porto Nacional; e de Pedro Afonso com o etanol, além do próprio capim-dourado, que é coletado no Jalapão e exportado para o mundo inteiro”, expressou Jaime Café.

A Agrotins 2024 ocorre no Parque Engenheiro Agrônomo Mauro Medanha, na rodovia TO-050, saída para Porto Nacional. A expectativa para edição deste ano é a de que sejam movimentados R$ 3 bilhões em negócios, bem como são esperados aproximadamente 200 mil visitantes até este sábado, 18. Estão reunidos aproximadamente 950 expositores nos 500 mil m² da estrutura, que passou por ampliação para esta edição.

Realização

A feira é uma realização do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt) e da Tocantins Parcerias, em conjunto com empresas do agro, instituições e órgãos públicos, de pesquisas e educacionais.

(SECOM-TO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook