Acadêmicas do 5º período de Pedagogia desenvolvem atividades de incentivo à leitura em Araguatins

quarta-feira, 10 de abril de 2024 às 14:55
1.457 Visualizações
Acadêmicas desenvolvem atividades criativas de incentivo à leitura. – Fotos: Quezia Alencar/ Dicom Unitins

ARAGUATINS – Na última segunda-feira, 8, as estudantes do 5º período de Pedagogia da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) Câmpus Araguatins realizaram apresentações de propostas de atividades para incentivar a leitura. Os trabalhos foram apresentados durante a aula da disciplina “Literatura infanto-juvenil”, ministrada pela professora Rosana Quadros.

Divididas em quatro grupos, as alunas desenvolveram uma variedade de atividades, que incluíram desde teatro, histórias cantadas, palavras-cruzadas até contação de histórias e piquenique literário, levando a turma para fora da sala de aula. Com uma dose extra de criatividade, as acadêmicas utilizaram materiais recicláveis para dar vida a novas histórias e revisitar clássicos como “Chapeuzinho Vermelho” e “A Bela e a Fera”. Após cada narrativa, as estudantes discutiam os possíveis aprendizados para as crianças, destacando as analogias e os sentimentos evocados, buscando compreender as histórias apresentadas.

Publicidade

A acadêmica Shamya Cardoso ressaltou durante sua apresentação que “os livros desempenham um papel crucial em nossa jornada, sempre proporcionando experiências e aprendizados na leitura. Mesmo que possa parecer trivial, sempre há algo novo para perceber, um novo ponto de vista. Cada vez que lemos, podemos ter novas interpretações”.

Lidiane Ferreira, ao direcionar sua apresentação para as crianças da educação infantil nos anos iniciais, enfatizou que o incentivo à leitura desde os primeiros anos de vida favorece o desenvolvimento de vínculos sociais, a interação e a ampliação do vocabulário. “É uma forma de capturar a atenção das crianças, estimular a concentração nos primeiros anos, porque desperta o interesse e, além disso, elas exercitam bastante a imaginação”.

A professora Rosana Quadros, por sua vez, destacou a importância da prática da leitura, especialmente quando incentivada desde a infância. “Pensando nisso e por meio da disciplina ‘Literatura infantojuvenil’, que integra a grade curricular da Universidade, desenvolvemos atividades de incentivo à leitura que serão aplicadas no dia da ação curricular chamada ‘Eu conto, tu contas, ele conta’. É de suma importância o desenvolvimento dessas atividades pelas nossas acadêmicas, pois a leitura nos permite enxergar o mundo de maneira diferenciada e nos proporciona novos aprendizados”. A docente também enfatizou que o foco da disciplina é formar leitores conscientes e críticos.

“A leitura é uma das bases fundamentais da educação, e é essencial que nossos estudantes compreendam o papel crucial que desempenham na promoção desse hábito tão importante para o desenvolvimento cognitivo e social das crianças. É gratificante ver como eles aplicam os conhecimentos adquiridos em sala de aula, demonstrando criatividade ao desenvolver atividades que estimulam a leitura”,  destaca a coordenadora do curso de Pedagogia, Miliana Sampaio.

Acadêmicas criam ambiente lúdico em sala de aula para apresentar proposta de atividade.
Utilizando histórias clássicas, acadêmicas destacam a importância da leitura no desenvolvimento infantil.
História cantada também foi um método apresentado pelas acadêmicas de pedagogia para o incentivo à leitura.
O teatro infantil é uma das estratégias apresentadas para a contação de histórias.

(DICOM UNITINS)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook