Aleto publica resultado das provas objetivas do concurso público

quarta-feira, 22 de maio de 2024 às 11:55
397 Visualizações
Os candidatos podem recorrer contra o resultado preliminar das provas objetivas a partir das 12h do dia 23 de maio até às 23h59 do dia 24 de maio. – Foto: Divulgação / Freepik

PALMAS – A Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) publicou nesta quarta-feira, 22, em edição suplementar do Diário Oficial, o resultado preliminar das provas objetivas e os gabaritos definitivos do concurso público.

Foram aprovados os candidatos que acertaram, pelo menos, 50% das questões, ou seja, 30 questões das provas de nível médio; 35 questões das provas de nível superior e 60 questões das provas para o cargo de procurador jurídico.

Publicidade

Informações mais detalhadas sobre a participação do candidato no concurso estão disponíveis no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), por meio do link: https://conhecimento.fgv.br/concursos/aleto.

Recurso
Os candidatos podem recorrer contra o resultado preliminar das provas objetivas a partir das 12h do dia 23 de maio até às 23h59 do dia 24 de maio. O recurso deve ser enviado à Banca Examinadora em formulário próprio, devidamente preenchido, conforme modelo e instruções
disponíveis no site da FGV.

Próximas etapas
Após análise e homologação do resultado final das provas objetivas, serão corrigidas as provas de redação de candidatos aprovados ao cargo de revisor, jornalista e técnico jurídico, além das provas discursivas de candidatos aprovados ao cargo de procurador jurídico, em quantitativo especificado nos editais.

Também serão convocados para o Teste de Aptidão Física (TAF), 60 candidatos aprovados ao cargo de policial legislativo II. Haverá, ainda, avaliação de títulos dos candidatos aprovados ao cargo de procurador jurídico.

Concurso
Deflagrado em 2023, o concurso da Aleto oferta o total de 107 vagas, distribuídas em diversos cargos de técnico e analista legislativo, além de cargos para as carreiras de policial legislativo II e de procurador jurídico.

(ALETO – Texto: Luiz Melchiades)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook