Defensoria Pública atende comunidade impactada por grande incêndio em assentamento de Esperantina

sexta-feira, 14 de junho de 2024 às 10:22
949 Visualizações

ESPERANTINA – A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) criou uma força-tarefa composta por defensores e servidores da Instituição para prestar atendimento jurídico e social gratuito às pessoas do assentamento Novo Recomeço, localizado no município de Esperantina, no Bico do Papagaio. No último sábado, 8, o local foi atingido por um incêndio que destruiu pelo menos 80 casas, deixando cerca de 500 pessoas desabrigadas.

Por meio do Núcleo Aplicado de Minorias e Ações Coletivas (Nuamac) de Araguaína, a Defensoria Pública esteve no assentamento nesta quarta-feira, 12, oportunidade em se reuniu com as lideranças locais para levantar as demandas mais urgentes.

Publicidade

Inicialmente, o Núcleo articulou junto à Prefeitura de Esperantina para que uma equipe multidisciplinar composta por profissionais da área de Assistência Social e Psicologia pudesse atender às famílias afetadas.

Entre as demandas apresentadas durante os atendimentos está a documentação pessoal. O coordenador do Nuamac de Araguaína, defensor público Sandro Ferreira Pinto, explicou que muitas famílias assentadas recebem auxílios governamentais e necessitam dos documentos para receber os valores. Por isso, a importância do atendimento célere da DPE nesse sentido.

Ao todo, 11 pessoas atuaram na força-tarefa, entre servidores da DPE-TO e da Prefeitura de Esperantina.

(ASCOM DPE-TO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook