Governo capacita novos municípios que aderiram ao Programa Criança Feliz

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 às 15:50
Capacitação aos coordenadores, supervisores e visitadores dos municípios que aderiram ao Programa Criança Feliz em setembro. Fotos: Arquivo/Secom.

TOCANTINS – Teve início na manhã desta segunda-feira, 17, a capacitação promovida pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), aos coordenadores, supervisores e visitadores dos municípios que aderiram ao Programa Criança Feliz em setembro de 2019. A capacitação acontece na sala de reunião da Setas e prossegue até a sexta-feira; sempre das 8h às 12h e das 14h às 18h.

A coordenadora estadual do Programa Criança Feliz no Tocantins, Katilvânia Guedes, disse que a capacitação é condição para que se iniciem as visitas no município. “Os profissionais precisam conhecer a metodologia a ser adotada durante as visitas às famílias acompanhadas, e somente após a capacitação, estarão aptos a realizarem ações de qualidade”, ressaltou.

Publicidade

Além de Babaçulândia, Lagoa da Confusão e Miracema, os municípios que aderiram, participam também aqueles que mudaram os gestores e ainda não haviam se capacitado. A carga horária total do curso é de 40 horas, e durante as aulas serão realizadas oficinas de orientação com recursos didáticos e aulas práticas para que aprendam a metodologia da visita domiciliar.

A visitadora de Babaçulândia Elineuza Pereira Leite disse que está ansiosa para iniciar as visitas. “Nosso município está iniciando agora com o Programa Criança Feliz e estamos focados no aprendizado para realizarmos as visitas com segurança e podermos mudar as histórias de vida dessas crianças”, afirmou.

Lucilene Gomes Ribeiro, de Itaguatins, disse que lá o Programa já está ativo e que ela veio se capacitar quanto à metodologia das visitas, já que está assumindo a supervisão em sua cidade. “Temos desenvolvido um bom trabalho, cumprimos nossas metas e agora já conseguimos a ampliação de nossas metas”, disse ela.

Programação

Durante os cinco dias de capacitação, serão abordados, entre outros assuntos, a importância e a trajetória da primeira infância, território, intersetorialidade, trabalho em rede, famílias e suas diversidades, a importância da visita domiciliar, equipe de referência e a importância do planejamento.

Programa Criança Feliz

O Programa foi instituído pelo decreto nº 8.869 de 5 de outubro de 2016, com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância. Coordenado pelo Ministério da Cidadania, articula ações políticas de assistência social, saúde, educação, cultura, direitos humanos e direito das crianças e adolescentes.

O público prioritário a ser trabalhado são gestantes, crianças de até três anos e as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, bem como crianças de até seis anos e as famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (PBC), e crianças de até seis anos e afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida protetiva.

(Secom/TO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook