Mauro Carlesse debate Polícia Comunitária com representantes nacionais e internacionais

quinta-feira, 8 de novembro de 2018 às 09:27
Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins

PALMAS – O Governador do Tocantins, Mauro Carlesse, recebeu nessa quarta-feira (7), no Palácio Araguaia, representantes de forças de segurança do Tocantins, Bahia, Minas Gerais, e de representantes internacionais do Japão e do Chile, que participam do II Seminário Internacional de Polícia Comunitária do Estado do Tocantins, em Palmas. Durante a reunião, o chefe do Executivo conheceu com mais detalhes como funciona o programa de segurança preventiva promovido pelos profissionais de segurança pública com a comunidade.

“O tema da segurança é algo emergente e que precisa ser encarado com muita seriedade por todos nós. Acredito que esse trabalho junto à sociedade seja muito eficaz e que possibilitará garantir uma redução nos índices de criminalidade no nosso Estado. Acredito também que é necessário unirmos a esse projeto um trabalho de governo voltado para a geração de emprego e oportunidade”, disse o governador.

Ao fim da reunião, Mauro Carlesse entregou para o comandante da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras Barbosa, cinco veículos que vão servir como bases móveis para atuação da PM junto à comunidade no projeto.

Polícia Comunitária

A Polícia Comunitária é uma filosofia e uma estratégia organizacional que proporciona uma parceria entre a população e a polícia, baseada na premissa de que tanto a polícia quanto a comunidade devem trabalhar juntas para identificar, priorizar e resolver problemas contemporâneos, como crimes, drogas, medos, desordens físicas, morais e até mesmo a decadência dos bairros, com o objetivo de melhorar a qualidade geral de vida na área.

No Tocantins, o Programa de Polícia Comunitária foi lançado em Palmas, em 19 de janeiro de 2001. Desde 2002, os trabalhos de polícia comunitária se expandiram no Estado, com a criação de bases comunitárias fixas e dos Conselhos Comunitários de Segurança em diversas cidades. (Redação Voz do Bico, com informações da Assessoria)

-- Publicidade --
-- Publicidade --

Comentários no Facebook