Operação Catarse: PC prende quatro e faz buscas na Câmara de Vereadores de Porto Nacional

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018 às 09:06
46 Visualizações
Foto: Divulgação

PORTO NACIONAL – A Polícia Civil prendeu quatro pessoas na manhã desta segunda-feira (17) em mais uma fase da Operação Catarse, que investiga mais de 300 funcionários fantasmas na Secretaria-Geral de Governo do Tocantins. As ações dessa segunda-feira têm como foco combater fraudes em licitação na Câmara de Vereadores de Porto Nacional.

Conforme o delegado Ricardo Real, que participa da operação, os quatro presos estão ligados a empresas de fachada, investigadas por participação nas fraudes. Duas pessoas presas são de Paraíso do Tocantins, uma de Palmas e outra de Porto Nacional. Os nomes não foram divulgados.

Publicidade

Também são cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Porto Nacional, dois em Palmas e um em Paraíso. Policiais recolhem documentos e outras provas na Câmara de Vereadores, empresas, casas e em um escritório de contabilidade.

Operação Catarse

A operação foi iniciada no dia 6 de dezembro e ocorre em todo o Tocantins. Além investigar funcionários fantasmas, a operação busca apurar crimes que causam danos ao erário. Na primeira fase, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão em um hotel de luxo em Araguaína que seria comandado por Kátia Borba Neves, uma das funcionárias fantasmas do Governo do Tocantins investigadas na operação.

No dia 7, as buscas e apreensões foram realizadas na Secretaria-Geral de Governo, onde a PC investiga a existência de cerca de 300 funcionários fantasmas. O órgão fica dentro do Palácio Araguaia. Já no dia 13, a polícia informou que estava investigando um homem suspeito de ser funcionário fantasma no gabinete do deputado estadual José Bonifácio (PR). Ele foi identificado como Luzymar Aguiar da Luz e seria funcionário do parlamentar desde 2011, recebendo R$ 2.354,00, ao mesmo tempo que cumpre jornada de 44 horas semanais em uma empresa privada em Araguaína desde 2005. (*Com informações do G1 Tocantins)

-- Publicidade --