Operação conjunta do MPTO e PC resulta na prisão de condenado por estupro de vulnerável em Araguatins

sexta-feira, 17 de maio de 2024 às 07:58
781 Visualizações
A condução da operação teve participação do promotor de Justiça Paulo Sérgio de Almeida de Araguatins. – Foto: Ascom MPTO

ARAGUATINS – Uma ação conjunta realizada pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO) e Polícia Civil (PC) resultou na prisão de um homem nesta quinta-feira, 16, em Araguatins, no extremo norte do estado. A operação teve como objetivo cumprir um mandado de prisão contra ele, condenado por estuprar uma criança de onze anos.

A condução da operação ficou a cargo do promotor de Justiça Paulo Sérgio de Almeida e do delegado de Polícia Civil Eduardo Artiaga, após o trânsito em julgado do processo.

Publicidade

A sentença, proferida em fevereiro deste ano, condenou denunciado a 15 anos e 15 dias de reclusão. De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, Antônio cometeu os atos libidinosos contra sua sobrinha, que tinha 11 anos de idade na época, em janeiro de 2023. A vítima revelou o ocorrido por meio de uma carta enviada a uma prima, relatando os fatos.

Ao tomar conhecimento do caso, a mãe da criança questionou-a sobre a ocorrência e foi informada de que os atos aconteceram por duas vezes, na casa do próprio tio, onde ele tocou suas partes íntimas e ainda teria dormido abraçado com ela, vestindo apenas uma cueca.

(Texto: Denise Soares – Ascom MPTO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook