Vereadores de Tocantinópolis reconhecem Conselho Comunitário de Segurança como Utilidade Pública Municipal

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019 às 09:23
Foto: Dirceu Leno / Ascom

TOCANTINÓPOLIS – A Câmara de Vereadores aprovou, em sessão ordinária, o Projeto de Lei nº 02/2019 que reconhece como Utilidade Pública Municipal o Conselho Comunitário de Segurança Pública de Tocantinópolis (Conseg). A proposta de autoria do vereador Zullias Amoury foi aprovada por unanimidade e teve o parecer favorável da Comissão de Redação e Justiça. O projeto segue agora para a sanção do Poder Executivo.

O Conseg é uma entidade sem fins lucrativos e uma ferramenta de participação social em segurança pública. Além de discutir estratégias para o enfrentamento dos problemas de segurança pública da comunidade, a organização atua também no desenvolvimento de projetos educativos, sociais, culturais, esportivos e ambientais, sejam eles de iniciativa própria ou em parceria com entidades públicas e privadas.

Para o vereador Zullias Amoury o Conseg é uma utilidade pública na promoção de ações e políticas que geram impactos positivos na área de segurança pública do município. “Fico muito feliz pela aprovação desse projeto. A ideia maior foi da nossa amiga e incansável Maria Vani Nogueira que nos apresentou a propositura e imediatamente atendemos seu pedido. O Conseg vai ao encontro aos anseios da comunidade que sonha em ter uma cidade mais segura e livre da criminalidade”, destacou.

A presidente do Conseg em Tocantinópolis, Maria Vani Nogueira, agradeceu aos vereadores pela aprovação do projeto, destacando que agora o objetivo é a instalação de 32 pontos de videomonitoramento na cidade. “Estamos apresentado o Conseg à comunidade, aos empresários e também aos órgãos públicos na tentativa de pleitear recursos, para assim conseguimos adquirir as câmeras de videomonitoramento onde serão instaladas em 32 pontos estratégicos da cidade. Com a instalação será mais fácil acompanhar vários lugares ao mesmo e, consequentemente, evitar ações criminais”, explicou.

Há 10 anos morando em Tocantinópolis, o delegado regional da Policia Civil, Tiago Daniel de Moraes usou a tribuna para destacar as constantes ações na tentativa de que a cidade tivesse um grupo de pessoas que pudessem, em conjunto com as policias Civil e Militar e também com sociedade, trabalhar na tentativa de diminuir a violência no município. “Em nome da PC, ressalto que, no que pudermos contribuir para que esse projeto seja um sucesso, iremos colaborar de todas as formas, porque o que importa para nós é que a cidade esteja segura”, disse o delegado.

O prefeito Paulo Gomes também esteve presente na sessão e aproveitou para destacar que sempre esteve junto com o Conseg. “Sempre estive presente nas reuniões e não medi esforços para participar das deliberações do Conseg. É um projeto que se inicia e tem os passos a seguir. Como chefe do Poder Executivo sou totalmente parceiro desse projeto, até porque segurança é responsabilidade de todos”, frisou o prefeito. (Redação Voz do Bico, com informações da Assessoria) 

-- Publicidade --

Comentários no Facebook