Agentes descobrem túnel de fuga com cerca de 30 metros dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas no Maranhão

terça-feira, 18 de junho de 2024 às 10:41
322 Visualizações
A descoberta foi feita durante uma inspeção realizada nesse domingo (16). A Seap ainda informou que não houve evasão de detentos da unidade prisional, que fica na região da zona rural de São Luís. — Foto: Divulgação/Governo do Maranhão

Agentes penitenciários descobriram, durante inspeção realizada no domingo (16), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, um túnel que seria usado para uma possível fuga em massa de presos.

Durante a inspeção, foi constatado que o túnel que seria usado para a fuga dos presos teria, em média, cerca de 30 metros de comprimento.

Publicidade

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do MA (Seap), o túnel iniciava dentro da Unidade Prisional São Luís 5 e seguia até os trilhos de trem, localizados atrás da penitenciária.

A Seap ainda informou que não houve evasão de detentos da unidade prisional, que fica na região da zona rural de São Luís, e que as medidas de segurança foram reforçadas assim que a rota de fuga foi descoberta e que uma investigação foi iniciada para apurar as circunstâncias em que o túnel foi escavado e os responsáveis envolvidos.

Leia, abaixo, a nota na íntegra:

 

“A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que, durante inspeção/procedimento realizada neste domingo, foi descoberto um túnel na Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 5 (UPSL5).

Esclarecemos que, apesar da descoberta, não houve qualquer fuga ou outra intercorrência no interior do estabelecimento penal. Imediatamente, as medidas de segurança foram reforçadas e uma investigação foi iniciada para apurar os responsáveis e as circunstâncias envolvidas.

Ressaltamos que a descoberta reforça o compromisso do Estado com a manutenção da ordem e segurança, assim como a importância dos procedimentos de rotina realizados no sistema penitenciário.”

(G1 MARANHÃO)

-- Publicidade --

Comentários no Facebook