Alunos da UFMA vão receber chips de internet a partir desta terça-feira

terça-feira, 13 de outubro de 2020 às 11:58
Alunos de baixa renda da UFMA recebem auxílio internet. — Foto: De Jesus/O Estado

Nesta terça-feira (13), alunos da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) vão começar a receber os primeiros chips de acesso à internet do programa Alunos Conectados da Rede Nacional de Pesquisa (RNP).

O objetivo do programa é garantir condições de acesso à internet para que os alunos de baixa renda possam assistir aulas online.

Publicidade

Na manhã da última sexta-feira (9), o reitor Natalino Salgado junto com vice-reitor Marcos Fábio, o pró-reitor de assistência estudantil Leonardo Soares, o superintendente de tecnologia da informação Anilton Maia e o representante institucional Arkley Bandeira receberam os chips de internet na universidade.

No Brasil, a ideia é atender 900 mil alunos em situação de fragilidade social e econômica, que ingressaram em universidades federais e instituições federais de ensino profissional e técnico do Ministério da Educação. Na UFMA, todos os que foram comtemplados no edital dos tablets também receberão os chips de dados.

Pacote de dados

Para solicitar o auxílio, os estudantes que estiverem de acordo com as normas dos editais, terão até o dia 9 de agosto, para acessar o SIGAA, no menu Bolsas/Voluntariado e aderir ao cadastro único, preencher as informações e aceitar as condições de participação.

Após aderir ao cadastro único, é necessário clicar em “Solicitação de Bolsa”, selecionar o auxílio desejado (Auxílio Inclusão Digital I – Pacote de Dados para Acesso à Internet ou Auxílio Inclusão Digital II – Empréstimo de Tablet) e clicar em aceitar os termos para participação na seleção.

Ao se inscrever, o discente deve declarar que não dispõe de acesso à internet compatível às necessidades e não possui equipamento para acompanhar e desenvolver as atividades acadêmicas remotas.

(G1/MARANHÃO)

-- Publicidade --