Escolas da rede estadual iniciam ano letivo de 2021 com acolhimento de estudantes

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021 às 17:44
Acolhida do CE Maria José Aragão, com o gestor Wilson Chagas (Foto: Antonio Martins)

O calendário escolar de 2021 das escolas de tempo parcial da rede estadual teve início nesta segunda-feira (22). As atividades seguem remotas, por conta da pandemia da Covid-19. Algumas escolas realizaram momento simbólico de acolhida, respeitando todos os protocolos sanitários e de biossegurança, como os Centros de Ensino (CE) Joaquim Gomes de Sousa e Maria José Aragão, localizados em São Luís. Em todo o Maranhão, o sentimento é de superação e esperança para o ano letivo.

“Quero parabenizar todos os estudantes, gestores e professores porque hoje nós iniciamos o ano letivo de 2021 de forma remota, em que pequenos grupos de pais, estudantes e professores estarão na escola, buscando material e também conhecimento sobre as plataformas educacionais que serão utilizadas durante o ano. Sejam todos bem-vindos”, destacou a gestora regional de Educação de São Luís, Eva de Moraes.

Publicidade

No CE Joaquim Gomes de Sousa, a semana será dedicada para que os alunos conheçam a equipe pedagógica, a metodologia de trabalho e também a estrutura da escola, já que o prédio foi amplamente reformado pelo Governo do Estado e entregue à comunidade em janeiro deste ano e muitos estudantes ainda não tiveram oportunidade de conhecer o ambiente escolar, depois da reforma. Hoje, cerca de 30 estudantes da 2ª e 3ª séries participaram da acolhida que teve a presença do humorista Tedd Mac. Durante a semana, novos grupos de estudante participarão das atividades no ambiente escolar.

“A escola está proporcionando a um pequeno grupo de estudante, de forma escalonada, esse momento, para que venha à escola receber o seu material didático, conversar com a equipe pedagógica e também conhecer as nossas instalações e possa criar vínculo com o ambiente escolar. Neste momento, a gente quer despertar no aluno esse valor de pertencimento à escola”, expressou a gestora geral do CE Joaquim Gomes de Sousa, Lucineide Martins.

A estudante Graziellem de Melo, 17 anos, está ansiosa para o retorno das aulas remotas e torce para que as aulas presenciais sejam retomadas. “Estou muito feliz por participar desse momento de acolhimento, revendo os professores, alguns colegas e ansiosa para as aulas começarem logo. O ano passado realmente foi complicado por causa da pandemia. Este ano, quero aprender novos conteúdos e sei que a escola tem condições de proporcionar ensino de qualidade, mesmo de forma remota, mas desejo que as aulas presenciais voltem logo”, destacou.

O professor de Língua Portuguesa, Charles Simões, destacou a importância da acolhida aos estudantes neste início de ano letivo. “Esperamos que os alunos participem desse momento, apesar da crise sanitária. Este ano temos muitas atividades, voltadas para as questões do ensino e da aprendizagem, e é necessário que os alunos tenham esse primeiro contato com o professor, seguindo os protocolos dos órgãos de saúde. É um momento interativo, significativo para que a gente possa dar continuidade aos nossos trabalhos”, defendeu.

O CE Maria José Aragão também acolheu simbolicamente um grupo de estudantes. O gestor da escola, Wilson Chagas, deu boas-vindas aos alunos e ressaltou a importância para a construção de uma educação de qualidade mesmo diante do momento de pandemia que obrigou as escolas a ofertarem ensino remoto para os estudantes.

“É tempo de recomeço e a escola dá início hoje à semana de acolhida dos nossos alunos para o ano letivo de 2021, cheio de esperança, sonhos, desejos de construir uma educação diferenciada, nesse formato remoto, fazendo com que nossos alunos, mesmo distantes, estejam conosco aprendendo”, exprimiu.

(ASCOM GOV-MARANHÃO)

-- Publicidade --