Governo inicia nova consulta com pais e alunos sobre a volta às aulas presenciais no Maranhão

quarta-feira, 26 de agosto de 2020 às 18:45
13 Visualizações
Para participar da pesquisa, os membros das comunidades escolares devem acessar o link disponível no site da Seduc. (Sumaia Vilela / Agência Brasil)

A partir desta quarta-feira (26), a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciará uma nova consulta para saber a opinião das comunidades escolares sobre a volta às aulas presenciais nas escolas ligadas à rede pública estadual do Maranhão. Podem participar estudantes matriculados em escolas da rede estadual, seus familiares e professores.

Para participar da pesquisa, os membros das comunidades escolares devem acessar o link disponível no site da Seduc, no período de 26 de agosto a 1º de setembro de 2020.

Publicidade

Na rede pública estadual, o governo do Maranhão já adiou cinco vezes a retomada das aulas presenciais. A suspensão do retorno foi determinada após uma consulta pública com a comunidade escolar.

“As condições epidemiológicas do nosso estado já nos garantem o retorno, porém, muitas ainda são as dúvidas das comunidades escolares. Por isso, estamos continuando com nosso processo de escuta a todos, inclusive, com reuniões com o Sindicato e entidades, possibilitando tempo necessário para que essas comunidades escolares debatam e definam sobre esse retorno”, disse secretário Estadual de Educação, Felipe Camarão.

Durante a pesquisa, os participantes responderão, ainda, a questionamentos sobre as atividades remotas realizadas na rede estadual, durante o período de suspensão das atividades presenciais nas escolas.

Cabe ressaltar que esta pesquisa diz respeito à retomada das atividades presenciais nas escolas da rede pública estadual do Maranhão, cabendo às redes municipais e rede privada decidirem sobre suas retomadas presenciais, conforme a autonomia institucional de cada uma.

Rede privada

Na rede privada, A retomada das aulas em formato híbrido (com aulas online e presenciais) e não obrigatório ocorre em pelo menos 50 instituições que são representadas pelo Sinpe no estado.

Entre as medidas sanitárias impostas para a volta às aulas, está o uso obrigatório de máscara, suspensão do recreio e aferição de temperatura dos alunos e colaboradores. As escolas também devem adotar as seguintes medidas:

  • Criar um protocolo de segurança sanitária;
  • Orientação constante sobre o uso e manuseio das máscaras;
  • Proibição do uso coletivo de bebedouros;
  • Adoção de garrafas de água individuais;
  • Realizar a divisão das turmas em grupos;
  • Distribuir álcool em gel para os alunos e instalar reservatórios com o produto nas dependências;
  • Estabelecer horários diferenciados de entrada e saída;
  • Escalar dias para as aulas presenciais;
  • Distanciamento mínimo de 1,5 m entre os estudantes.

Coronavírus no Maranhão

O Maranhão chegou a 145.921 casos confirmados, 3.377 mortos e 134.479 curados da Covid-19 nesta terça-feira (25), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Nas últimas 24 horas, foram notificados 1.026 novos casos e 12 mortes pela doença no estado.

(G1/MARANHÃO)

-- Publicidade --