Maranhão recebe nova remessa de vacinas com mais de 95 mil doses da Pfizer

quarta-feira, 11 de agosto de 2021 às 07:47
10 Visualizações
Maranhão recebe nova remessa de vacinas com mais de 95 mil doses da Pfizer — Foto: Caio Oliveira

O Maranhão recebeu, nessa terça-feira (10), nova remessa da vacina Pfizer, enviada pelo Ministério da Saúde. Ao todo, são 95.940 doses do imunizante, destinadas à primeira dose (D1), dando início ao esquema vacinal contra a Covid-19, de pessoas com idade entre 40 a 44 anos de todo o estado.

As doses foram recepcionadas na Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos do Maranhão (CEADI), vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (SES), responsável pela distribuição. O próximo passo será a conferência, separação e preparo para o envio aos 217 municípios maranhenses.

Publicidade

A distribuição da vacina Pfizer deve ser iniciada a partir desta quarta-feira (11). A primeira entrega será para os municípios da Grande Ilha, sendo 35.718 doses somente para São Luís. Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 6.060.450 doses recebidas, sendo 1.690.220 doses da CoronaVac, 3.316.200 doses da AstraZeneca, 845.190 doses da Pfizer e 208.840 doses da Janssen.

Mais vacinas

Além do envio de doses da Pfizer, a SES também fará a dispensação de vacinas da AstraZeneca e CoronaVac. Para São Luís, serão 12.260 doses da AstraZenca, destinadas a D1, e mais 27.440 doses para D2. Da vacina CoronaVac, serão destinadas 4.210 doses, também para primeira dose.

Covid-19 no Maranhão

O Maranhão chegou nessa terça-feira (10), a 341.080 casos e 9.766 mortes por Covid-19. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Nas últimas 24 horas, o estado registrou 603 casos e 14 mortes pelo novo coronavírus. Dos novos registros, 127 Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa), 20 em Imperatriz e 456 nos demais municípios do estado.

Já o número de casos ativos (pessoas que, no momento, estão com Covid-19) chegou a 35.078. Desse número, 34.532 estão orientadas a ficar em isolamento domiciliar, 310 estão internadas em enfermarias e 236 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

(G1 MARANHÃO)

-- Publicidade --